Sexta-feira, 30 de Setembro de 2005

Kate Moss internada em clínica de luxo

A modelo inglesa Kate Moss deu entrada numa luxuosa clínica norte-americana de tratamento, depois do escândalo provocado pela publicação de fotos que mostravam a modelo a consumir cocaína, anunciou esta quinta-feira a imprensa britânica.
Kate Moss



De acordo com amigos da modelo, citados pelo jornal “Times”, Kate Moss foi internada na clínica Meadows, em Phoenix (Arizona), no dia 23 de Setembro, onde paga quatro mil dólares (cerca de 3.300 euros) por dia para receber “tratamento médico e terapia”.

Segundo os jornais britânicos, o centro clínico impõe um regime muito duro, no qual os doentes estão proibidos de receber visitas nas primeiras quatro semanas, nem mesmo dos próprios filhos.

Terá sido a modelo australiana Elle Macpherson a aconselhar Kate Moss a recorrer a esta clínica, depois de ela própria ter sido internada naquele centro há dois anos, para recuperar de uma depressão.

Recorde-se que Kate Moss apresentou a semana passada desculpas em público, onde declarou assumir “a plena responsabilidade” dos seus actos. A modelo reconheceu ter vários problemas pessoais para resolver, sem se referir explicitamente ao consumo de drogas.

O escândalo derivado da publicação das fotos onde a modelo alegadamente inalava cocaína custou-lhe três contratos publicitários importantes e colocou a sua carreira em risco.

Romana sem guia de marcha

Pedro Zarco, marido de Romana, não acredita que a cantora receba guia de marcha dos telespectadores da ‘1.ª Companhia’, apesar de ter sido nomeada pelo comandante José Moutinho.


“Ela vai ficar lá mais uns tempos para mostrar o que vale”, admite o músico.

Zarco está convencido de que o público ‘salvarᒠa sua mulher, Nuno e Diana, apostando na expulsão de Dina, “porque está mais fechada. Apesar de ser uma campeã mundial, nós, portugueses, não somos nacionalistas. Damos pouco valor às pessoas”.

Também Ágata, tia da cantora, está convencida de que Romana permanecerá no quartel “para poder mostrar aos portugueses que é uma mulher de armas e de fibra”. A despeito de não ser uma assídua seguidora do ‘reality show’, Ágata considera que, do pouco que tem visto – anda em digressão –, “ela está a portar-se muito bem”.

Pedro Zarco está agora mais descansado em relação à mulher depois de esta ter sido vista por uma médica. Segundo ele, os problemas de saúde de Romana devem-se, em parte, ao excesso de trabalho em vésperas da sua entrada na ‘tropa’.

“Ela fez espectáculos na sexta-feira e no sábado [anteriores ao início do concurso] e dormiu ao todo umas três horas. Deixou tudo em ordem antes de entrar no programa. Na primeira noite , deitou-se tardíssimo e levantou--se muito cedo. Isto, acrescido de bastante exercício físico, a que não estava habituada, deitou-a um bocado abaixo”, conta.

Mas a jovem está a recuperar bem e até já canta à mesa, o que lhe valeu uma repreensão, seguida de aula de etiqueta de Castelo Branco. É que à hora da refeição só se deve falar do tempo ou de temas fúteis, explicou o ‘conde’.

Quanto aos desentendimentos entre Romana e Nuno Homem de Sá, Pedro recorda que, quando os dois se conheceram, no ‘Big Brother Famosos’, “ela ficou do lado dele, porque achou que era injusto estarem a pô-lo de lado. Agora, ele está a cobrar essa amizade. Deve sentir-se desapoiado e pensou que podia contar incondicionalmente com ela. O Nuno não dá espaço às pessoas e é brusco”. Mas depois da conversa entre Romana e Nuno ficou “tudo esclarecido e ele até lhe pediu desculpa”, conclui.

FROTA ESTRATEGA

O actor brasileiro avisou Castelo Branco que estava na hora de começar a jogar. “Cada dia está a apertar mais a parada... Qualquer dia vão-nos ‘jogar’ fora e tu vais ter de estar comigo”, disse, lembrando ainda ao camarada que estará do seu lado, aconteça o que acontecer. “Isso é um osso duro de roer, mas na hora que ‘atropelarmos’ com os teatros vamos ver quem é que tem talento”, diz Alexandre Frota. O ‘marchand’, esse, foi mais parco em palavras: “Tudo vem a seu tempo”. Falou e deixou o parceiro na sala.

A TROPA DIA-A-DIA

O instrutor Martins explicou ontem aos ‘recrutas’ como devem comunicar via rádio ou telefone.

O comandante ofereceu prendas aos ‘recrutas’: doces, enchidos, salgados e alguns licores.</aux></texto>

Alexandra Lencastre em capa de revista

A maquiavélica Luísa de ‘Ninguém como Tu’ pode finalmente despir a personagem. As gravações da telenovela acabaram anteontem, mas Alexandra Lencastre ainda não teve tempo para descansar.

A actriz compareceu ontem, com o namorado António Gamito, à apresentação da quarta edição da revista ‘196 Style’, da qual é capa. “As minhas filhas, quando viram o resultado, acharam que não parecia eu”, disse Alexandra muito divertida

Novo director de Programas em Carnaxide

Penim promete SIC renovada



Francisco Penim
Francisco Penim

A tarefa de reconduzir a estação à liderança está nas mãos de Francisco Penim.

Francisco Penim, profissional que se destacou à frente dos projectos mais ousados do universo SIC, os Canais Temáticos e a SIC Multimédia, substituiu Manuel Fonseca no cargo de director de Programas da estação de Carnaxide. As grandes apostas da nova grelha, os ‘reality shows’ ‘Esquadrão G’ e ‘Senhora Dona Lady’ foram insuficientes para combater as fortes propostas da TVI, nomeadamente ‘Ninguém como Tu’ e ‘1.ª Companhia’.



A quebra das audiências desde o início do ano, que levou a SIC a perder a liderança face à TVI, terá sido a gota de água que ditou a saída de Manuel Fonseca, por acordo mútuo com a empresa, após quatro anos à frente dos destinos da SIC.

A fraca adesão do público às novas apostas da estação de Carnaxide – a estreia de ‘Senhora Dona Lady’ alcançou apenas 8% de audiência – veio confirmar uma tendência que se verifica há meses, com o fracasso de várias produções. O ‘talk-show’ ‘Boca a Boca’, ‘Inimigo Público’, ‘Manobras de Diversão’ e ‘Os Jika da Lapa’ são algumas das apostas falhadas. Até as produções da Globo que, em tempos, valeram à SIC a liderança em horário nobre, já não conseguem combater a produção nacional da TVI.

Apesar dos maus resultados ao nível das audiências, do ponto de vista financeiro Manuel da Fonseca recuperou a estação, tendo conseguido nos últimos dois anos “os melhores resultados líquidos da história da empresa”, conforme anunciado em comunicado da administração.

A posição do novo director de Programas será reforçada, pois os futuros responsáveis pelos canais temáticos e pela SIC Multimédia responderão directamente a este. Em declarações à Lusa, Francisco Penim garante que deste processo sairá “uma SIC rejuvenescida, com elementos inovadores”, embora se tenha escusado a identificar quais serão essas transformações.

PERFIL DO NOVO DIRECTOR

Francisco Penim começou a sua carreira na Rádio Clube da Parede em 1986 e entre 1991 e 1994 foi director de Programas da Rádio Marginal. Depois transitou para a televisão, onde trabalhou como jornalista, na TVI, até 1997, ano em que integrou a equipa da SIC. Na estação de Carnaxide destacou-se em 1998 como ‘pai’ do inovador projecto da SIC Radical e consolidou a sua posição em Abril de 2000, enquanto director coordenador dos Canais Temáticos SIC.

SHARE DO DIA 25 DE SETEMBRO

Na véspera da saída de Manuel Fonseca a SIC ficou em terceiro lugar.

AUDIÊNCIAS EM QUEDA

Desde 2000 que o share de audiência da SIC se encontra em queda, tendo já perdido cerca de doze por cento.

SIC INVESTE EM GRELHA AO ESTILO RADICAL

A gora que Francisco Penim é director de Programas da estação de Carnaxide correm rumores de que o quarteto ‘Gato Fedorento’ poderá regressar ao universo SIC. A original série de humor foi um dos grandes trunfos da SIC Radical, gerando um invulgar fenómeno de popularidade. Escritas e protagonizadas por Ricardo Araújo Pereira, Zé Diogo Quintela, Miguel Góis e Tiago Dores, as duas temporadas exibidas na íntegra pelo canal de televisão por cabo, na altura dirigido por Francisco Penim, transformaram o trabalho do quarteto de humoristas num fenómeno de culto instantâneo.

A polémica que envolveu a terceira temporada, a qual acabou por ser cancelada pelos humoristas quando dois episódios foram transmitidos pela SIC generalista, não abalou a reputação do programa. O caso do ‘Gato Fedorento’ é apenas um exemplo do estilo de Francisco Penim, que não hesita em apostar em figuras desconhecidas ou irreverentes, ‘castings’ inusitados que podem resultar em pleno.

Rui Unas, que apresentou o ‘Cabaret da Coxa’, um dos maiores êxitos da SIC Radical, e ainda Solange F. e Bruno Nogueira, dois rostos do ‘Curto-Circuito’ enquadram-se na mesma tendência do actual director de Programas da SIC para apostar em profissionais jovens.

ROSTOS INVULGARES

RUI UNAS - ‘Curto-Circuito’ tornou-o popular, mas foi à frente de ‘Cabaret da Coxa’ que revelou todo o seu talento.

SOLANGE F. - Era actriz e integrava a trupe da Cornucópia quando foi escolhida num ‘casting’ para apresentar o ‘Curto-Circuito’.

BRUNO NOGUEIRA - Estreou-se em ‘Curto-Circuito’, e explorou a veia humorística em ‘Levanta-te e Ri’ e ‘Manobras de Diversão’

Produção interna supera telenovelas brasileiras

Espectadores elegem ficção portuguesa



Dalila Carmo
Dalila Carmo
Nos últimos quatro anos, telenovelas e séries portuguesas são mais vistas do que as brasileiras. Estórias realistas e interpretações credíveis ajudam a criar produtos competitivos.


 


Guionistas, realizadores e actores estão de acordo. A ficção portuguesa está mais realista, dinâmica e apelativa. A melhoria reflecte-se nas audiências que têm vindo a crescer nos últimos anos e no sucesso conquistado por ‘Ninguém como Tu’, a telenovela em exibição na TVI. Ao contrário do que acontecia em finais do século XX, a novela brasileira tem agora menos telespectadores e cede o primeiro lugar no top dos programas mais vistos do dia às produções ‘made in Portugal’.


Para muitos analistas, ‘Ninguém como Tu’ é um marco no novo caminho que a ficção portuguesa está a travar. O último episódio da telenovela escrita por Rui Vilhena vai para o ar dia 2 de Dezembro, mas até lá muita tinta ainda vai correr graças às criações originais do autor. No último dia de gravações, quarta-feira (dia 28), Dalila Carmo prepara-se para gravar as últimas cenas: “Estou quase a despedir-me da Júlia. Com saudades, mas feliz”, comenta depois de explicar que o êxito da novela foi “uma agradável surpresa para todos” e o “reconhecimento do esforço de uma equipa.”

“O êxito desta produção é importante para a ficção nacional, porque representa um salto qualitativo. Em termos de escrita, a novela tem dinâmica, muito ritmo, as personagens têm sempre qualquer conflito para resolver, as cenas têm coisas novas a acontecer e tudo isto cria suspense e prende os telespectadores ao ecrã”, explica Dalila Carmo. Segundo a actriz, a “coesão do elenco” deu outro contributo ao êxito. “Muita gente pensa que para fazer televisão não é preciso ser actor... Esta produção valorizou os actores”, conclui.

O autor de ‘Ninguém como Tu’, Rui Vilhena, tem uma explicação para o sucesso: “Quando uma novela espelha a sociedade portuguesa há uma aproximação do público.” Na sua opinião, a ficção nacional tem “evoluído bastante.” “Sobretudo na vertente técnica, com a qual trabalho muito. Houve uma evolução nos cenários, nos figurinos e na iluminação”, acrescenta o guionista que conta à Correio TV ter já começado a congeminar a estória da sua próxima novela. “Como sou uma pessoa muito urbana construirei certamente um enredo de grande cidade”, remata.

A produção brasileira ‘Terra Nostra’, exibida em 1999 (SIC), foi a telenovela mais vista em Portugal, com 23,3% de audiência e 58,3% de share. Mas ‘Senhora do Destino’, um sucesso no Brasil e que passou na SIC em 2004/2005, conquistou apenas o sétimo lugar no ‘ranking’ total da ficção, com 13,2% de audiência e 35,5% de share. No panorama nacional, ‘Olhos de Água’ e ‘Filha do Mar’, em 2001, marcaram a ficção nacional e ainda hoje lideram a lista das produções mais vistas. A viragem na dramaturgia nacional começara. Tozé Martinho, autor de ‘Olhos de Água’, atribui o sucesso ao “revivalismo que apaixonou os telespectadores.”

“A estória começa em Moçambique e a separação das duas irmãs gémeas, que anos mais tarde esbarram uma na outra, cativou o público. Mas a base de tudo é o texto, e está provado que as pessoas gostam mais de ver o retrato da sua própria sociedade do que realidades alheias”, explica o autor que vai assinar a próxima novela da TVI, com o título provisório de ‘A Bomba’.

Eunice Muñoz integrou o elenco de ‘Olhos de Água’ e explica que “a estória e a interpretação, acrescida da realização” é que fazem o êxito de uma produção. “‘Olhos de Água’ tinha isso tudo. O público manifestou grande interesse na vida das gémeas, bem interpretadas pela Sofia Alves”, acrescenta. No entanto, a actriz faz questão de referir a série ‘A Banqueira do Povo’, (RTP1,1993), realizada pelo brasileiro Walter Avancini e baseada num caso real que abalou a sociedade portuguesa. Em sua opinião, esta produção “deu a grande abertura à novela portuguesa”. E por duas razões: “A estória era interessante e real, factor que exerce maior força sobre o telespectador. E o elenco era muito bom.” O crescente interesse pela ficção nacional, Eunice Muñoz atribui-o também à interpretação: “Os actores portugueses provaram que, à semelhança dos brasileiros, também são capazes de interpretar com naturalidade. E o aparecimento de novos autores veio refrescar a novela portuguesa.”

Autor de êxitos como ‘Filha do Mar’ e ‘Jardins Proibidos’ (TVI), Manuel Arouca é peremptório: “A novela ‘Ninguém como Tu’ fez a ruptura necessária. O texto aproximou-se da realidade e o resto acompanhou. Ao guião realista e dinâmico juntaram-se excelentes interpretações.” O autor sublinha que “o fenómeno começou em 2001 com ‘Olhos de Água’. Depois, com ‘Jardins Proibidos’, ‘Filha do Mar’ e ‘Anjo Selvagem’, a ficção portuguesa impôs-se à brasileira. Com margens de 20 pontos [de audiência].

Seguiu-se uma quebra mas com esta nova versão de ‘Morangos com Açúcar’ a ficção nacional volta a estar em destaque”. Outro conhecido guionista, Moita Flores, aponta o “forte investimento da TVI e da RTP na ficção portuguesa” que explica o seu actual sucesso. Mas sublinha: “Estes ‘caprichos’ das audiências estão muito associados a estratégias de programação.‘Ninguém como Tu’ arrancou colado ao ‘Jornal Nacional’ e estilhaçou a programação que a SIC tinha àquela hora.” É este “tempo de oportunidade”, resultado da “intuição do programador”, que, segundo Moita Flores, pode fazer a diferença. “Esta oportunidade foi dada à série ‘Ferreirinha’, que teve um excelente resultado no dia da estreia”, relembra, explicando que o sucesso fica muito a dever a uma boa promoção e fidelização de horário.

Atíllio Riccó, realizador de ‘Morangos com Açúcar’, sublinha também a importância do horário: “É fundamental haver uma estratégia. O telespectador cobra ver o que quer naquela hora. E a TVI esmera-se neste campo.” Tozé Martinho concorda: “O horário pode fazer toda a diferença e o tempo a seguir ao principal bloco informativo é o melhor. E isso pode ser enganador, pois um mau programa nessa faixa de horário pode fazer passar-se por um êxito só porque apanhou a disponibilidade dos espectadores em frente à televisão.”

“ACTORES ESMERAM-SE" - ATTÍLIO RICCÓ

Profissão - Realizador

Idade - 64

Séries - Morangos Com Açúcar

- Como explica o crescente sucesso da ficção nacional?

- Há quatro anos, quando cheguei a Portugal, as pessoas queixavam-se do tom teatral dos intérpretes. Isso mudou. Os actores perceberam que teatro e televisão são meios distintos, esmeram-se e deram ao povo o que ele queria, personagens credíveis, naturais, com quem os telespectadores se identificam. Os personagens das novelas passaram a poder ser encontrados no supermercado, na rua, no autocarro...

- Que mudou mais, além da interpretação?

- A qualidade dos textos subiu muito o nível da ficção. A prova está no ‘Ninguém como Tu’. Os bons e os vilões estão bem definidos, é a luta do bem contra o mal. Os cenários melhoraram, toda a produção se apurou.

- A dramaturgia portuguesa está competitiva?

- A produção portuguesa já pode competir com os melhores do Mundo.

A MAIS VISTA DE SEMPRE - 'MÉDICOS DE FAMÍLIA'

A série de longa duração, exibida na SIC em 1998, deliciou os espectadores e foi a produção portuguesa mais vista de sempre. Fernando Luís, Rita Blanco, Maria João Abreu e Henrique Mendes protagonizaram esta produção da Endemol, baseada num original espanhol.

DOIS ANOS NO AR - 'ANJO SELVAGEM'

Adaptado de um original argentino, a novela começou a ser exibida na TVI, a 3 de Setembro de 2001. O último episódio foi para o ar a 21 de Fevereiro de 2003. Com 365 episódios, ‘Anjo Selvagem’, protagonizada por Paula Neves, encabeça a lista dos folhetins televisivos portugueses com maior duração.

PROTAGONISTA PORTUGUÊS - 'COMO UMA ONDA'

Pela primeira vez na história da TV Globo o papel principal de uma novela foi entregue a um estrangeiro. Ricardo Pereira foi o português que protagonizou a façanha. No papel de Daniel Cascaes, o actor cativou o público e a crítica brasileira. Ricardo Pereira foi eleito o terceiro actor mais popular no Brasil.

EUA NA MIRA DE 'MORANGOS'

‘Morangos com Açúcar’, que foi exportada para o Brasil - juntamente com ‘Olhos de Água’ e ‘Olá Pai’ - e aí conquistou o prémio da melhor série estrangeira, é um dos êxitos de vendas da NBP. “Neste momento estamos a tentar vendê-la aos Estados Unidos”, revela Manuela Caputi, uma das responsáveis do Departamento de Vendas e Marketing da produtora. A primeira série de ‘Morangos com Açúcar ’ foi transmitida na Rede Bandeirantes.

'NINGUÉM COMO TU' PROCURA CLIENTES

‘Saber Amar’, vendida a quase todos os países da América Latina, Rússia e Ucrânia, é um dos maiores sucessos de vendas da NBP. Manuela Caputi esplica que o público internacional está ainda muito habituado ao estilo da novela mexicana, o que pode ser um obstáculo à venda de um produto “inovador” como ‘Ninguém como Tu’, com uma “trama mais intrincada e mais madura.” “Enquanto aguardamos pela viragem do gosto dos nossos clientes vamos-lhe mostrando os novos produtos”, diz Manuela Caputi.

OS NÚMEROS

2 MILHÕES - Foi a média de telespectadores que assistiram à série de longa duração ‘Médico de Família’ (exibida na SIC em 1998), e a ficção portuguesa mais vista.

'OLHOS DE ÁGUA' INICIAM VIRAGEM - 51% DE SHARE

A novela em que Sofia Alves assumia o duplo papel das irmãs gémeas fidelizou os espectadores ao ecrã da TVI. A partir de 2001 cada vez mais portugueses se deixaram emocionar pela ficção nacional.

VOLUME DE NEGÓCIOS

Em 2004, o volume de negócios dos associados da APIT rondou os 55 milhões de euros. Um acréscimo, face aos 52 milhões de 2003.


 


Fonte: Correio TV

PEDRO E INÊS

O amor impossível que D. Pedro e Inês de Castro viveram vai apaixonar os portugueses nesta série de Moita Flores!  

 

 

Esta é uma série de ficção histórica sobre o amor de Pedro e Inês, que se inicia com a chegada de Constança a Portugal, acompanhada do seu séquito.

Escrita por Francisco Moita Flores em 13 episódios e produzida pela Antinomia para a RTP, por ocasião do 650.º aniversário da morte de Inês de Castro.

As gravações tiveram como cenário a Mata dos Sete Montes, em Tomar, e o Mosteiro de Alcobaça, onde foi recriada a famosa "sala do rei".

A não perder, estreia dia 7 de Outubro na RTP1!
 
 

"Meu coração fechou para o amor", diz Daniela Cicarelli

A modelo e apresentadora da MTV Daniela Cicarelli, anunciou que vive uma fase tranqüila e está com o coração fechado para o amor. Em entrevista à revista Quem desta semana, ela disse que planeja continuar solteira e está adorando a nova fase de sua vida.

- "Ai, não dar satisfação para ninguém é bom, né? Estou achando uma delícia minha casa nova, eu e meu cachorro. Tem dia que abro os armários e começo a fazer limpeza às 3 da manhã. Para me fisgar, vai ter que ser ninja! Meu coração fechou para o amor", diz.

A modelo desmente alguns boatos que surgiram na imprensa na época de sua separação com o jogador.

- "Já vi cada mentira que fiquei em choque. Disseram que minha mãe morava na favela. Não é verdade, tenho dinheiro para sustentá-la. Outra coisa: você acha que ganhei R$ 15 milhões com a separação? Me poupe, né? Não sei de onde tiraram isso," disse.

Cicarelli admitiu que agiu errado ao namorar o advogado Flávio Zveiter, logo após terminar o casamento com Ronaldo.

- " Entendo e acho que não estava certa. A gente vive numa sociedade machista, conservadora. Eu queria virar a página de um sofrimento que estava acabando comigo. Queria olhar para o lado, mudar", explica.

América: Alex é preso no altar e não se casa com Raíssa - brevemente

  


A gravação do casamento de Alex (Thiago Lacerda) e Raíssa (Mariana Ximenes) movimentou o núcleo funkeiro de América, na manhã de quinta-feira, dia 29. De um lado, convidados refinados, elegantemente vestidos. De outro, a galera do pancadão, para desespero de Haydée (Christiane Torloni).


A mãe da noiva e os padrinhos, entre eles Irene (Daniela Escobar) e Laerte (Humberto Martins), entram na igreja sob gritos dos funkeiros, que cantam Som de Preto. A noiva é conduzida pelo pai com a tradicional marcha nupcial, mas  aplaudida pelos amigos. Lurdinha (Cléo Pires) acompanha tudo ao lado do irmão.


Depois de serem abençoados e trocarem alianças, o casal é surpreendido pela a chegada da Polícia Federal, que dá voz de prisão a Alex.


O coiote é algemado, para desespero da noiva, que é consolada pela  família.


Pimenta denuncia


Presa nos Estados Unidos, Djanira Pimenta denuncia o ex-funcionário à polícia. Ela conta que Alex matou Ramiro (Luis Melo) e dá detalhes sobre o envolvimento dele com o tráfico de drogas.


Raíssa comemora


Certa da inocência do marido, Raíssa decide não perder a festa que havia sido preparada, e leva os amigos para comemorar. Descontrolada, ela dança e canta como se nada tivesse acontecido.


No dia seguinte, ao acordar e se dar conta de que Alex não está ao seu lado, ela percebe que a realidade é outra. Raíssa exclama que, pela primeira vez, seu pai não resolveu um problema e começa a perceber que há algo errado com o companheiro.


“Quando alguém passa por uma transformação dessas na vida, nunca volta a ser o mesmo, acho que vai ser assim com a Raíssa. Espero que ela encontre um grande amor no final de tudo isso, que ame e seja amada verdadeiramente”, disse Mariana Ximenes.


As cenas do casamento e da prisão de Alex irão ao ar no dia 6 de outubro no Brasil.

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2005

Carol Castro com o namorado novo

Carol Castro circula com novo namorado, no Rio

  

Carol Castro, que viverá a personagem Mercedita em Bang Bang, nova novela das sete da Globo, circula na noite carioca com um novo namorado. Trata-se de João Henrique. E o romance parece ser sério, pois a atriz já apresentou o rapaz ao pai, Luca de Castro.

O encontro ocorreu na noite da última quarta-feira, dia 28, no Hipódromo Up, no Rio de Janeiro. O pai da bela fez uma participação especial no espetáculo Terror no Baixo Gávea.  A ocasião serviu também para comemorar o aniversário de Luca. Carol e o namorado João aplaudiram a performance e o aniversário do patriarca da família Castro.

 

Helena Coelho

Catarina Furtado

Sara Aleixo


Patricia Tavares

Barbara Norton de Matos

Sónia Araujo








































Retrato 


PESSOA

Sónia Araújo é o sorriso mais emblemático nas manhãs da RTP. Para além do "Praça da Alegria", participou já nalguns programas de Luís de Matos, e resume a sua actual actividade numa frase, sempre com a mesma simpatia luminosa: "Tudo está a correr pelo melhor, em todos os domínios."


Queixa-se dos raros tempos livres e fins-de-semana de que dispõe, mas não se arrepende do que vive: "É cansativo, mas também muito gratificante. Tenho consciência de que é uma fase da minha vida que devo aproveitar. Por isso, só me resta aplicar-me e vivê-la intensamente enquanto dura."

PERCURSO

Em 1993 colocou o primeiro pé nas lides televisivas, no plateau do programa de Luís de Matos "Isto é Magia". Depois vieram experiências no "1,2,3", "Chuva de Estrelas", "Quem É O Quê", "Avós e Netos", entre outros. Desde 1996 que é um dos rostos mais conhecidos na "Praça da Alegria", tempo durante o qual também apresentou o "Santa Casa", "Azul Vivo", algumas edições do "Festival da Canção" e "Natal dos Hospitais". Paralelamente à televisão, Sónia Araújo desenvolve alguns trabalhos na área empresarial, como por exemplo a gestão com mais dois sócios da "PlanetAventour", empresa direccionada para os desportos de aventura.


PROFISSÃO

Para já segue na televisão, depois de ter terminado em 1997 o curso de Direito: "Mesmo que não venha nunca a exercer advocacia, pode revelar-se importante na minha vida futura".

Relativamente à televisão, diz que adora o que faz e que se diverte imenso, e encara cada novo trabalho como mais uma experiência que a vai enriquecer.

Sobre o "Praça da Alegria" diz que "Tem uma componente de espectáculo que é, sem dúvida, a parte de que gosto mais. Sendo uma pessoa que está ligada à dança (área cuja aprendizagem começou aos 9 anos), a componente musical e do espectáculo é a que mais me agrada. Contudo, não me desagradaria fazer um programa didáctico. Mas para já sinto-me muitíssimo bem com aquilo que estou a fazer."


FAMÍLIA

Ser actriz de cinema é um velho sonho que gostaria de ainda ver cumprido. Mas o grande segredo do sorriso cativante que ilumina os espectadores todas as manhãs parece estar no facto de se sentir feliz com aquilo que tem.

Não receia minimamente o casamento, e considera estar perfeitamente preparada para construir a sua família e conciliar tudo com a actividade profissional: "Quando as coisas são feitas com prazer, há sempre tempo e disponibilidade para tudo".



ESTRELATO

Considera a popularidade e a fama palavras que pouco ou nada lhe dizem, e afirma peremptoriamente: "Sou uma mulher comum, semelhante a tantas outras.(...)Não gosto da palavra "estrela" e tenho a certeza de que nunca me vou sentir nesse papel. A partir do momento em que alguém assume que se tornou "estrela", seja em que actividade for, está tudo estragado." 

Jorge Gabriel





 




 
 








FLASH


Nome: Jorge Gabriel
Idade: 33
Actividade: Apresentador - Jornalista
Estado civil: Casado
Data de nascimento: 29 de Maio de 1968
Naturalidade: Lisboa
Cidade onde vive: Sintra
Desportos que pratica: Futebol, Ténis, Natação
Tempos Livres: Ler, navegar na net e jogar vídeo-jogos


GOSTOS


Um filme: Shine - Simplesmente Genial
Uma música: Angels- Robbie William
Um livro: O meu pé de Laranja Lima
Um cantor: Francis Albert Sinatra
Um escritor: Julio Dinis
Um actor: Dustin Hoffman
Um pintor: Miguel Angelo
Uma figura pública: Ghandi
Um site: Cnn.com
Uma viagem: Londres
Uma cidade: Londres
Uma cor: Azul
Um prato: qualquer espécie de comida italiana
Uma bebida: Água - a melhor
Um clube: Sporting Clube de Portugal


EMOÇÕES


Uma qualidade: Incansável
Um defeito: Teimoso
Um amor: Os meus filhos
Um ódio: Ingratidão
Um prazer: Conduzir
Uma irritação: Não conseguir comprar um jornal diário
Uma saudade: Levantar de manhã cheio de energia
Um pensamento: Não faças aos outros aquilo que não gostas que te façam a ti
Um desejo: Ser feliz sem prejudicar ninguém
Uma superstição: Entrar com os dois pés
Uma piada: The Benny Hill Show

Conde transforma quartel em Spa

José Castelo Branco não está no ‘quartel’ da ‘1.ª Companhia’, mas sim num Spa acabadinho de inaugurar na Serra de Sintra. Talvez com saudades dos tratamentos de beleza, a que estava habituado, o ‘marchand’ passou o dia de ontem a fazer referência a luxos que não entram nas instalações militares. À confusão pode chamar-se... alucinação, como defende Lili Caneças.

José Castelo Branco não dispensa os tratamentos de belezaJosé Castelo Branco não dispensa os tratamentos de beleza


 


Ele teve uma vida alucinada e muito pouco normal. Por isso, faz muitas confusões. Com estas coisas todas, está a tentar dar a ‘volta’. Não nos esqueçamos que foi nomeado na primeira semana e, agora, quer tudo a que tem direito. O ‘Chateaux’ não distingue a ficção da realidade. Está perturbado. Precisa de um médico. Mas, apesar de tudo isto, continua a divertir-me imenso”, disse Lili Caneças.

Tudo começou na parada. Durante uma aula do instrutor Martins, Castelo Branco elevou a voz: “Adorava um tratamento! Num Spa.” Depois, o mesmo oficial perguntou-lhe: “Quer fazer um tratamentozinho? Esta base é um Spa. Tem manicure e, se quiser, também tem pedicure. Até banhos de lama vamos fazer...”

Mais tarde, o instrutor chamou, outra vez, o recruta a atenção e proibiu-o de usar as luvas nos exercícios. O ‘conde’ argumentou que era para proteger as mãos, mas o oficial ironizou, novamente. “Quer que lhe trate das mãozinhas, sr. Castelo Branco?!” Dito e feito. O tratamento começou de imediato: “Deitou! São dez... Vamos todos tratar das mãozinhas”. E todos, sem excepção, cumpriram o ‘castigo’ pela indisciplina do ‘marchand’, com um agravamento de mais cinco flexões. No final, as ‘mãozinhas’ de Castelo Branco “estavam óptimas e com a melhor manicure francesa que tive até hoje”, fez questão de esclarecer o soldado das marcas.

A TROPA DIA-A-DIA

Desgostoso, o ‘conde’ abandona o refeitório sem almoçar. “Sem piri-piri eu não como!”, remata.

Durante a instrução da tarde, os recrutas aprenderam a cavar uma trincheira para se abrigarem.</aux></texto>

Eduardo Beauté no Brasil com Marta Cruz

Eduardo Beauté abençoa hoje à tarde o casamento da afilhada Marta Cruz com o bailarino brasileiro Alexandre, num salão de recepções de Fortaleza, Brasil. Ontem, o cabeleireiro esteve numa correria para chegar a tempo e horas de oferecer a sua prenda à afilhada, o vestido de noiva. Uma criação do próprio padrinho e do estilista João Rôlo.


Unidos pela criatividade, Eduardo e João decidiram criar um ‘look’ fantástico para a filha mais velha de Carlos Cruz. “É um vestido curto, de corte império, em rosa ‘malvê’, em chifon. O tronco é drapeado e a parte inferior tem uma cascata de folhos”, começou por contar o estilista João Rôlo, que lamenta “não poder estar presente na cerimónia” da amiga. Rôlo promete, contudo, não faltar ao casamento de Marta Cruz pelo religioso, que se efectuará em Portugal ainda este ano. Mas o estilista garante que não podia “ser outra pessoa a vestir a Marta para o casamento.”

Quanto aos restantes acessórios, o estilista garantiu que complementam o vestido, no sentido em que o tom das sandálias é o mesmo, apesar de ter alguns pormenores importantíssimos. É que, além de a pele ser da cor do vestido, tem aspecto metalizado. Tudo muito ‘fashion’ como seria de esperar. Por isso, Eduardo Beauté diz que se trata de uma peça que pode ser usada em ocasiões especiais.

Mais feliz que nunca por ter sido eleito pela noiva para ser o padrinho, Beauté diz que “este é um momento de felicidade para a família Cruz e este convite é uma forma de reconhecimento da nossa amizade”.

Apesar de o pai da noiva não poder ir ao casamento civil, Raquel Rocheta e a irmã de Marta, Mariana Cruz, não quiseram faltar à cerimónia. “Faço questão de estar ao lado da Marta neste dia tão especial para ela”, garante a mulher de Carlos Cruz.</aux></texto>

Suzuki assiste a gala de Ricardo

A actriz brasileira Daniela Suzuki foi uma das figuras mais notadas na gravação da gala ‘13, o Número do Futuro’, realizada no Coliseu de Lisboa, para celebrar mais um aniversário da SIC, na qual o seu namorado, Ricardo Pereira, foi o apresentador.


Acompanhada pelos pais do actor português, Horácio e Lurdes, a brasileira revelou que aproveitou uma pausa nas “gravações da telenovela ‘Bang Bang’ para vir a Portugal”. “Fico até ter guião para gravar no Brasil. Agora quero é aproveitar para namorar”, disse Suzuki, não escondendo que estava maravilhada com o desempenho do namorado na apresentação da gala: “Ele é lindo. Está a sair-se muito bem”.

Com um novo visual, necessidade do papel que interpreta na nova telenovela, Daniela Suzuki revela que faz de prostituta de cabaret. “Foi por causa da novela que cortei o cabelo. Este papel está a ser um presente para mim, porque posso sair da figura de adolescente para interpretar uma mulher mais madura. Sempre fiz papéis de menina e agora, aos 28 anos, posso representar alguém com mais experiência”, rematou.

SIC FESTEJA 13 ANOS

Música, ‘glamour’ e muitas caras bonitas na festa dos 13 anos da SIC, que será transmitida a 6 de Outubro. Entre vários momentos musicais, os apresentadores Ricardo Pereira e Diogo Morgado também deram largas ao humor. Francisco Pinto Balsemão não assistiu à gala por estar fora do País.</aux></texto>

Christina Aguilera faz despedida de solteiro com amigas

De véu, tiara e cinta liga, a musa teen Christina Aguilera foi vista na compainha de amigas, nas boates Cabo Wabo e Mi Casa, no México, segundo o site Ananova.

Christina e as amigas emendaram as baladas com uma madrugada na piscina do hotel The One & Only Palmilla.

A cantora pretende se casar com o empresário Jordan Bratman, no fim do ano, e tem usado um pingente com a letra B, inicial do sobrenome do noivo.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Últimas:

. Mariana Monteiro esteve n...

. Sílvia conduz gala a favo...

. David Carreira dá cartas ...

. Nuno Santos troca RTP pel...

. A Mariana Monteiro é lind...

. Britney Spears roubou isq...

. Striptease deixa marcas e...

. Russell Crowe e Nicole Ki...

. Eu e a Margarida temos um...

. Helena Isabel: Em forma

. Isabel Figueira convive c...

. Cantor desmente romance

. Rita Egídio está grávida

. Carol Castro ASSALTADA

. Modelos mal se falam

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

.tags

. a bela e o mestre(6)

. alexandra lencastre(29)

. alinne moraes(8)

. ana guiomar(5)

. angelico vieira(16)

. angelina jolie(20)

. antonio pedro cerdeira(13)

. band(8)

. barbara guimaraes(6)

. barbara norton de matos(5)

. belissima(9)

. benedita pereira(6)

. brad pitt(13)

. britney spears(8)

. canta por mim(4)

. carolina dieckmann(5)

. catarina furtado(20)

. caua reymond(9)

. cesar peixoto(11)

. christina aguilera(6)

. cinha jardim(5)

. claudia semedo(5)

. claudia vieira(28)

. cleo pires(7)

. cristiano ronaldo(29)

. dalila carmo(9)

. dança comigo(11)

. dani(7)

. daniela mercury(5)

. daniela ruah(13)

. danielle suzuki(6)

. deborah secco(7)

. deixa-me amar(9)

. diana chaves(22)

. diogo amaral(10)

. doce fugitiva(5)

. dzrt(6)

. elsa raposo(7)

. fala-me de amor(4)

. fernanda serrano(15)

. floribella(13)

. francisco adam(5)

. francisco penim(5)

. gato fedorento(7)

. globo(25)

. gloria pires(4)

. guilherme berenguer(4)

. helena isabel(4)

. henri castelli(4)

. herman josé(4)

. ilha dos amores(16)

. imperius(7)

. ines castel-branco(6)

. ines simoes(4)

. isabel figueira(34)

. ivete sangalo(4)

. jennifer lopez(5)

. jessica athaide(4)

. joana duarte(11)

. joana solnado(13)

. joão reis(9)

. jose fidalgo(6)

. juliana paes(6)

. luciana abreu(15)

. mafalda pinto(6)

. margarida vila nova(18)

. maria joão bastos(15)

. mariana monteiro(7)

. marisa cruz(8)

. melanie c(5)

. merche romero(46)

. morangos com açucar(51)

. nbp(5)

. operaçao triunfo(5)

. paixões proibidas(7)

. paula lobo antunes(6)

. paula neves(6)

. paulo pires(7)

. pedro granger(6)

. pedro miguel ramos(8)

. pedro teixeira(10)

. ricardo pereira(16)

. rita andrade(5)

. rita pereira(20)

. rodrigo menezes(6)

. rtp(43)

. rtp1(30)

. rtp2(5)

. ruy de carvalho(5)

. são josé correia(11)

. shakira(8)

. sic(71)

. silvia alberto(11)

. sofia alves(9)

. sonia araujo(6)

. soraia chaves(24)

. tempo de viver(9)

. tu e eu(8)

. tvi(126)

. vila faia(5)

. todas as tags

.Links:

blogs SAPO

.subscrever feeds