Sábado, 15 de Dezembro de 2007

...

Nascimento do segundo filho da actriz deverá acontecer na semana do Natal

Na recta final da gravidez, Fernanda Serrano já tem tudo preparado para o parto. Até a altura do nascimento do segundo filho. Segundo fontes próximas da actriz, esta já marcou a data do parto, que deverá acontecer na semana do Natal.

A Fernanda quer passar a quadra em família e por isso decidiu que a filha virá ao Mundo logo após as festas”, revela ao Vidas TV um amigo da actriz, que tem acompanhado de perto a segunda gestação.

Deste modo, a filha de Fernanda Serrano e de Pedro Miguel Ramos nascerá a partir do dia 26 no Hospital da Cruz Vermelha, o mesmo local onde veio ao Mundo Santiago. Foi equacionada uma mudança de unidade hospitalar mas a actriz preferiu que o parto acontecesse num local que já conhece. Quanto ao nome da menina, permanece uma incógnita. Ao contrário do que aconteceu com Santiago, o casal optou por desta vez não fazer uma lista com nomes. Só irão escolher quando virem a cara da filha.

Até ao nascimento, a actriz continua a fazer a sua vida normal, até porque já fez saber que não sofre por antecipação e que só se preocupará com o parto no próprio dia. Por isso, na última semana, foi surpreendida numa ida às compras. Precavida como é, Fernanda Serrano já terá comprado alguns dos presentes que oferecerá neste Natal aos familiares e amigos mais próximos.

CM



Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Cachet das estrelas

Luciana Abreu subiu a parada. Depois de renegociar o contrato com a SIC, a modesta rapariga que ficou conhecida pela telenovela ‘Floribella’ passou a ganhar mais do que muitas estrelas do mundo da televisão e o seu ordenado, de 20 mil euros, já está a dar que falar.
Luciana Abreu

Ao receber esta pequena fortuna, a menina-bonita de Teresa Guilherme e Francisco Penim deixou incrédulos alguns actores com longos anos de carreira que neste momento passaram a receber um salário de verdadeiros principiantes quando comparado com o de Luciana Abreu.

Actualmente, Alexandra Lencastre, Patrícia Tavares, Diogo Morgado, António Pedro Cerdeira, Sofia Alves e Margarida Vila-Nova estão a receber menos de metade daquilo que ganha Luciana Abreu, que em dois anos de carreira já tem um ordenado de fazer inveja a muitos veteranos.

Mas a verdade é que a actriz soube fazer-se valer do seu poder de negociação. No apogeu da série juvenil ‘Floribella’ e com um carisma cada vez mais forte junto do público infantil, Luciana Abreu acumulou convites e chegou a comunicar à estação de Carnaxide que estava de saída. A presença da actriz na RTP era dada como certa mas, numa reviravolta inesperada, a ‘Flor’ resolveu recuar e mostrou-se disponível para negociar com a SIC.

Em boa hora o fez. Sem projectos que lhe agradassem na estação estatal, onde apenas lhe ofereciam um programa infantil – a actriz viu o sonho de participar em ‘Vila Faia’ furado –, Luciana pediu mais dinheiro a Teresa Guilherme e mostrou-se completamente devota à casa que a projectou na carreira. Com os avanços e recuos, a SIC decidiu agarrar Luciana Abreu com uma proposta mais do que generosa. Actualmente, a actriz tem a sua conta bancária recheada com 20 mil euros por mês, que não serão a sua única fonte de rendimento. Além do ordenado-base, Luciana ganha ainda 15% dos lucros dos concertos ao serviço da banda da ‘Floribella’.

A actriz está radiante com a melhoria das suas condições financeiras, até porque com este aumento dobrou o salário de dois dos veteranos da representação nacional. Ruy de Carvalho e Eunice Muñoz foram ultrapassados pela ‘Flor’ visto que levam para casa cerca de dez mil euros por mês.

Neste momento, Luciana Abreu é das estrelas mais bem pagas da televisão portuguesa e também um caso raro na SIC, que não costuma fazer propostas tão generosas aos seus actores. Na estação de Carnaxide não é hábito abrir os cordões à bolsa e gastar fortunas no ordenado de um actor – recorde-se que Soraia Chaves e Ricardo Pereira não vão além dos quatro mil euros. No meio televisivo é a TVI quem melhor paga às suas estrelinhas, isto se não tivermos em conta as caras recém-chegadas às telenovelas.

Actualmente ser actor já não traz as mesmas vantagens económicas, e não se pense que os jovens que integram o elenco de séries juvenis como ‘Morangos com Açúcar’ têm recibos de ordenado de fazer inveja. É que o salário médio de um ‘moranguito’ não vai muito além dos mil euros mensais. Dedicados ao trabalho, os jovens actores queixam-se de exploração: muitas horas de trabalho nos estúdios e poucas garantias de trabalho futuro.

Os problemas começaram a ser tornados públicos depois da primeira série dos ‘Morangos’ – a única que conseguiu o sucesso pretendido junto dos telespectadores.

Sem trabalho nem perspectivas de virem algum dia a ser integrados em algumas das novas telenovelas da TVI, foram vários os actores que mostraram o seu desagrado em relação à maneira como estavam a ser tratados pela estação de Queluz de Baixo.

Marta Faial e Francisco Froes, entre muitos outros participantes na série, revelaram à Comunicação Social ter vários meses de salários em atraso e, revoltados, explicaram que se sentiam enganados pela TVI, que lhes tinha prometido mundos e fundos sem nada cumprir. Para estes jovens actores, o sonho de representar foi a pouco e pouco ficando pelo caminho. Mas nem todos podem queixar-se. Que o diga Luciana Abreu e os seus 20 mil euros por mês.

LUCIANA ABREU

A actriz fez-se valer da sua popularidade junto do público juvenil e passou a receber um ordenado de estrela. Além do salário mensal, a ‘Floribella’ ganha ainda 15% dos lucros dos concertos da sua banda.

RUY DE CARVALHO E EUNICE MUÑOZ RECEBEM 10 MIL EUROS

Os dois veteranos da representação nacional recebem um cachet no valor de dez mil euros, ou seja, metade daquilo que Luciana Abreu leva para casa ao final do mês. Os profissionais viram-se assim ultrapassados pela ‘Floribella’.

SORAIA CHAVES E RICARDO PEREIRA

São duas das estrelas da SIC mas a verdade é que, juntos, Ricardo Pereira e Soraia Chaves recebem apenas metade do vencimento mensal de Luciana Abreu.

CACHET DAS ESTRELAS

Luciana Abreu: 20.000 euros

Alexandra Lencastre: 12.000 euros

Ruy de Carvalho: 10.000 euros

Eunice Muñoz: 10.000 euros

Pedro Lima: 8.000 euros

Sofia Alves: 8.000 euros

Fernanda Serrano: 8.000 euros

António Pedro Cerdeira: 8.000 euros

Margarida Vila-Nova: 6.000 euros

Patrícia Tavares: 5.000 euros

Soraia Chaves: 4.000 euros

Ricardo Pereira: 4.000 euros

Sara Prata: 1.000/1.500 euros

Correio da Manhã

Segunda-feira, 23 de Julho de 2007

Fernanda e Pedro: "Bebé ainda não tem nome"

A cinco meses do nascimento previsto do segundo filho, Fernanda Serrano e Pedro Miguel Ramos ainda não decidiram qual será o nome do rebento.

“Ainda não há nome escolhido. Só vamos decidir quando o bebé nascer. É algo que nos acompanha nove meses da nossa vida e o seu nome não pode ser escolhido de ânimo leve”, disse a actriz, que esteve na festa inaugural do Amo.te Pine Cliffs, em Albufeira, gerido pelo marido.

Sem querer confirmar se espera uma menina, Fernanda Serrano já exibe uma barriga considerável. Pedro Miguel Ramos, por seu turno, prefere brincar: “São gémeos e vão nascer no dia 25 de Dezembro”.

A gravidez está a correr às mil maravilhas, como a primeira, quando nasceu o pequeno Santiago, mas a actriz diz estar mais radiante com a nova missão de ser mãe.

“Há amigas minhas que nunca sentiram qualquer apelo à maternidade, mas eu desde sempre que sinto. Sinto-me muito completa e especial neste papel”, confidenciou.

Com o segundo rebento a caminho, não esconde que gostava de ter “uma família grande”.

O pequeno Santiago, com dois anos, já notou que “há qualquer coisa de diferente na mamã”, mas ainda não entende que está a chegar um irmão.

Quanto a cuidados especiais durante a gravidez, a actriz – que adiou todos os compromissos profissionais até ao próximo ano – diz que dorme muito e mantém “uma alimentação regrada e saudável”.

Sexta-feira, 20 de Julho de 2007

Fernanda Serrano:“Estou radiante!”

 

 

A tvmais esteve com Fernanda Serrano antes de partir de férias com o marido, Pedro Miguel Ramos, o filho, Santiago, de 2 anos e meio, e os pais, Ercília e Jaime, com quem planeia ficar nos próximos tempos no Algarve. Grávida de quase quatro meses, a actriz, de 33 anos, está mais bonita e radiosa do que nunca, exibindo com orgulho uma barriguinha que começa a crescer.

Sem inibições, revelou que esta não foi uma gravidez planeada, mas muito desejada, o que faz com que não tenha qualquer ressentimento por não poder dar vida à protagonista da próxima novela da TVI, “OK, KO”, em que iria fazer par romântico com Paulo Pires, e ter sido obrigada a adiar a peça “Blue Room”, programada para subir ao palco do casino de Lisboa no início de Setembro.

Como se sentiu a filmar “O Julgamento” grávida?
Fernanda Serrano: Muito bem. Foi um filme muito agradável de fazer por várias razões. Primeiro, pelo argumento, que, ao contrário dos filmes que irão estrear na mesma altura, não tem nada de sensacionalista. É um filme que fala da vida, das angústias, das adversidades, do amor, do apego, de vingança, de instabilidade. Pelo elenco maravilhoso com que trabalhei e que é difícil de reunir e porque foi um convite de uma pessoa com quem adoro trabalhar, o realizador Leonel Vieira. A gravidez não alterou em nada o nosso trabalho.

Foi mais mimada pelo restante elenco e pelo realizador devido a esse facto?
F.S.: Não. Tenho a certeza que seria igualmente bem tratada e mimada por todos se não estivesse grávida. Aliás, como sempre acontece.

A Catarina foi um papel importante de fazer nesta altura?
F.S.: Desde que sejam projectos que me apeteça muito fazer e ainda com o factor relevante que é trabalhar com as pessoas que gosto, os papéis ganham logo uma determinada dimensão e obrigatoriamente “atiram-me” para uma entrega incondicional que faz deles os mais importantes. E ainda bem que é assim.

Estava confirmada a sua participação na próxima novela da TVI. Foi o facto de estar prestes a ser mãe que a fez abdicar deste projecto, tal como aconteceu com a peça “Blue Room”, prevista para Setembro?
F.S.: Exactamente. Sei que ia fazer par amoroso, como se costuma dizer, com o meu colega Paulo Pires, com quem já não tenho o prazer de trabalhar há alguns anos. Quanto à peça, ficou adiada para data a agendar posteriormente. Mas tudo por uma muito boa causa, convenhamos.

Neste momento, está grávida de quantos meses?
F.S.: Estou com quase quatro meses.

Já sabe se é menino ou menina? O que prefere?
F.S.: Ainda não sei, mas não tenho (tal como o Pedro) qualquer preferência. Só queremos que tudo corra tão bem como na anterior gravidez.

Como está a viver esta segunda gestação? Imagino que esteja radiante, talvez menos ansiosa do que na primeira…
F.S.: Radiante e igualmente ansiosa. É sempre diferente. Acaba sempre por ser uma nova situação.

Como vão ser os próximos tempos? Visto que não estáa trabalhar, planeia tirar umas longas férias...
F.S: As férias serão passadas no Algarve, mais concretamente no Amo.te Pine Cliffs, um maravilhoso sushi club localizado em Albufeira, no Sheraton Pine Cliffs. É um espaço muito agradável e requintado, óptimo para passar as tardes e noites quentes e exóticas de um romântico Verão. É um projecto do Pedro, onde estarei a dar todo o meu apoio.

fonte: tvmais

Sábado, 2 de Dezembro de 2006

Actrizes de "Tu e Eu" revelam curvas perigosas

Foi nos novos estúdios da NBP, em Vialonga, que encontrámos Fernanda Serrano, Sandra Cóias e Vera Alves a gravar intensamente. Numa operação inédita, a produção de “Tu e Eu” construiu todo o cenário do health club, que surge como um dos principais locais da novela e está magnífico. Espaços amplos, de cores fortes e inspiração oriental dão abrigo às actrizes, que se mostram bem-dispostas, embora as cenas sejam puxadas a nível físico e o calor, dentro do estúdio, quase intolerável.


O desafio maior para Fernanda, Vera e Sandra, ou Débora, Olga e Susana, os nomes das personagens, é mesmo convencer em poucos minutos que estão em excelente forma e são exímias a fazer exercício físico. O que nem sempre acontece na realidade. Apesar de apresentarem uma silhueta de fazer inveja, nem todas têm o hábito de praticar desporto.


“Já chumbei por faltas em todos os ginásios. Adoraria fazer exercício, porque me iria dar muito jeito, até em termos de expressão corporal, mas acho sempre que há outras coisas à frente para fazer. Sou preguiçosa”, confessa Fernanda Serrano. “Agora, tenho mesmo de fazer”, sublinha. É que Débora, uma antiga manequim a que dá vida, não descura a boa forma. Sabe que o seu trunfo é o corpo e a forma como o usa para seduzir, estando sempre atenta aos “quilinhos a mais”.


Embora goste de fazer tudo quanto é desporto – de ginástica a windsurf e snowboard –, nos últimos tempos a preguiça tinha tomado conta de Vera Alves. O facto de ter de interpretar uma professora de Educação Física obrigou-a a voltar aos velhos hábitos. “Confesso que já não ia há algum tempo ao ginásio, mas tive de voltar, até para saber como estão as aulas e as coreografias.


Nesta altura, vou o suficiente para fazer as cenas com alguma credibilidade”, garante. E explica, de seguida: “Não me sentiria bem se assim não fosse. Tenho medo de não estar credível”. O cansaço está estampado no seu rosto. Ainda por cima está com febre, possivelmente uma consequência de sair do estúdio muito quente para enfrentar o frio nas salas contíguas. Ossos do ofício. Não se queixa.


Quem não se mostra fatigada é Sandra Cóias. Está habituada a exercitar-se com regularidade (os músculos bem definidos, causam inveja a qualquer um), e tem uma alimentação cuidada. A actriz, que interpreta a designer Susana, é uma vegetariana assumida e sem tentações. “É mais saudável e uma opção de vida”, diz. Sandra recorda até como decidiu deixar de comer carne. “Foi o Heitor Lourenço que me fez pensar no assunto.” Até já lançou um livro de receitas. Agora, chegou a vez de convencer a amiga Fernanda Serrano a experimentar. “Provou um hambúrguer vegetal e gostou”, conta Sandra.

Sábado, 4 de Novembro de 2006

Fernanda Serrano e António Pedro Cerdeira regressam em "Tu e Eu"

A nova aposta da TVI para serões, “Tu e Eu”, junta dois actores de peso, Fernanda Serrano (Débora) e António Pedro Cerdeira (Alexandre). Embora sejam amigos inseparáveis, não trabalhavam juntos desde “A Grande Aposta”, novela de 1997. Um reencontro muito ansiado. “Como amigo faz parte do meu dia-a-dia. Profissionalmente, é óptimo contracenar com ele. Temo--nos divertido muito. É uma pessoa com quem é fácil trabalhar”, garante Fernanda.

O colega também não se cansa de lhe tecer elogios: “Nós temos feitios parecidos. Passamos o tempo todo a fazer asneiras, metemo-nos com os colegas e um com o outro. Funcionamos muito bem. Temos uma química fantástica”, revela.

E bem precisam de ter cumplicidade na hora de gravar. Além de amantes, que baseiam o seu relacionamento numa atracção muito física, eles são vilões temíveis. Ela quer a todo o custo voltar a ter dinheiro e vingar-se de Francisco (Albano Jerónimo), que a trocou por uma mulher mais nova. “A Débora acaba por ser uma actriz, porque ficciona grande parte da sua vida. Só com, o Alexandre é que se expõe e mostra a Débora verdadeira. É uma personagem inebriante. Não conheço ninguém assim tão racional”, diz Fernanda. Por seu lado, Alexandre vive de esquemas. Drogas, tráfico de carros, roubo são palavras comuns no seu dicionário.

Juntos, Débora e Alexandre tornam-se implacáveis. “Entra mesmo no submundo, não tem limites. Tem um lado negro de que eu estou a gostar muito”, conta Cerdeira sobre a sua personagem.

Moniz já prepara outra novela
O director-geral da TVI não pára. Ainda não estreou “Tu e Eu” e já se encontra a trabalhar na próxima novela. José Eduardo Moniz esteve nos Açores, onde será gravada “Ilha dos Amores”, de Maria João Mira. “Temos muito orgulho em estar a lançar muitas produções e fazê-lo com um nível de exigência crescente”, admitiu no dia de mais um lançamento da estação.
TV  Mais

Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Fernanda Serrano é vilã em "Anjo de Mulher"

Não estamos habituados a vê-la no papel de vilã, mas Fernanda Serrano não tem dúvidas: “A Débora é uma personagem deliciosa de fazer”. Na nova aposta da TVI, “Anjo de Mulher”, ela é mais do género diabinho. “É um grande desafio. Há um que posso equiparar a este que é a novela ‘Amanhecer’, muito distinto de tudo o que tinha feito até então”, conta.


Para interpretar esta pérfida mulher, pintou o cabelo de preto: “Gosto deste novo visual e tem muito a ver com a personagem. Os objectivos da Débora passam sempre por maltratar alguém para alcançar as metas a que se propõe. Ela sabe bem o que quer da vida”. E na pele desta sua nova aposta, a actriz adianta: “Em gravação sinto-me mais sensual, a personagem tem muitos adereços, nada é deixado ao acaso. Nada do que parece é”. Mas uma coisa é certa: “Não tem nada a ver comigo!”


É certo que vai ter muitos homens na sua vida, mas o seu principal par é António Pedro Cerdeira. O pior é que eles, na vida real, são amigos e na novela têm de fazer cenas mais ousadas: “É estranho termos de fazer uma cena íntima com um dos nossos melhores amigos. Temos de apelar à nossa imaginação... Ainda estamos no início das gravações, mais para frente será mais fácil”.

Domingo, 22 de Outubro de 2006

Serrano incomodada com cenas ousadas

Mãe ciosa do bem-estar da sua família, Fernanda Serrano foi escolhida para ser a imagem da nova campanha de marketing da C & A. A actriz leva esta missão maternal tão a sério que até irá impedir Santiago de ver ‘Anjo de Mulher’, a nova telenovela da TVI, em que surge pela primeira vez como vilã e em cenas ousadas.
'A ‘Débora’ é uma brilhante actriz', disse Fernanda sobre o novo personagem

Apesar de não se identificar com ‘Débora’, Fernanda Serrano está muito satisfeita com o papel. O único ‘entrave’ são mesmo as cenas com António Pedro Cerdeira, o primeiro de muitos homens que o personagem terá na trama.

“Ele é um amigo de há muitos anos, somos muito cúmplices e, por isso, é complicado haver aquela intimidade. Às vezes fico tão aflita que não sei o que fazer”, explica a actriz, revelando a sua ‘técnica’: “Puxo pela imaginação e esqueço o momento em si”, afirmou a actriz.

Já quanto à decisão radical de não deixar o pequeno Santiago, de ano e meio, assistir à telenovela foi tomada na sequência da criança ter visto uma cena do seu anterior trabalho, ‘Dei-te Quase Tudo’. “O meu personagem, ‘Ana Maria’, aparecia a chorar e, quando ele viu, ficou muito aflito e fartou-se de chorar. O Santiago é muito pequeno para saber distinguir a mãe da actriz. Para ele, era a mãe a chorar. Foi nesse momento que prometi a mim própria que o Santiago não voltaria a ver um trabalho meu, tenho de o proteger nesse sentido”, contou ao CM Fernanda Serrano, adiantando ainda que o seu novo projecto será transmitido “num horário muito tarde para ele”.

Prestes a estrear-se como a má da fita, a actriz está ansiosa pelo “grande desafio” que tem pela frente, iniciado há um mês com uma mudança de visual. Está com os cabelos mais compridos e escuros. “O Pedro [marido] e o Santiago gostam muito, aliás, eles apreciam todas as minhas mudanças”, conta a intérprete de ‘Débora’, revelando que, por enquanto, o seu desejo de voltar a ser mãe foi adiado. “Neste momento não posso pensar em ter outros filhos. Depois quem sabe...”

Quanto a ‘Débora’, Serrano traça um rasgado elogio. “É uma brilhante actriz, pois engana muito bem os outros.” No entanto, confessa não se identificar nem um pouco com o personagem. “Não tem nada a ver comigo. Ela tem dupla personalidade e faz tudo para atingir os seus objectivos”, afirmou, contando que não conhece ninguém como ela, “graças a Deus”.

Sábado, 8 de Abril de 2006

Fernanda Serrano e Pedro Miguel Ramos estão casados há 20 meses e continuam em clima de romance

A quatro meses de comemorar dois anos de casamento, Pedro Miguel Ramos e Fernanda Serrano são a expressão da felicidade. No 4o aniversário do Amo-te Chiado, o casal reafirmou a paixão que os une. “Nestes momentos de balanço, é sempre bom ter quem mais gostamos ao nosso lado”, diz Pedro, e continua: “O lado familiar é essencial para a estabilidade profissional, sobretudo porque estes últimos dois anos tiveram muitos altos e baixos”. Apesar do ritmo acelerado das gravações da novela “Dei-te Quase Tudo”, onde interpreta Ana Maria, Fernanda compareceu na festa e apoiou o marido: “Estou muito orgulhosa do trabalho dele”, avança a actriz. “Sempre o conheci assim, metódico, perfeccionista, criativo.” A relação de ambos é de tal maneira forte que, quando indagada acerca da prenda que poderia oferecer a Pedro neste dia, a actriz responde: “O amor e as boas energias que passamos um ao outro não são palpáveis”.
Fonte: TV Mais

Sexta-feira, 31 de Março de 2006

Fernanda Serrano - Nua no palco do Casino

Fernanda Serrano vai despir-se no palco do novo Casino Lisboa – que inaugura a 19 de Abril –, em Outubro, durante alguns segundos... Isto se, entretanto, a peça ‘Blue Room’, de David Hare, não for alterada.
Fernanda Serrano

De acordo com Paulo Dias, responsável pela produtora UAU, que traz a peça para o Casino Lisboa: “A peça tem estreia marcada para Outubro e terá como protagonistas Fernanda Serrano e Virgílio Castelo. Ainda não sei muitos pormenores mas, em princípio, o argumento não vai sofrer alterações.”

Confrontado pelo CM sobre se Fernanda Serrano, ao assinar o contrato, impôs algum tipo de condições para se proteger e não se despir em palco, Paulo adiantou: “Não tratei dos contratos, mas que eu saiba não há nenhuma cláusula prevista nesse sentido.”

Contactada pelo nosso jornal, a actriz Fernanda Serrano preferiu não comentar a sua participação no ‘Quarto Azul’.

“Agora estou ocupada nas gravações [da novela ‘Dei-te Quase Tudo’]. Liguem para o Casino e informem-se”, disse, desligando o telemóvel abruptamente.

Também Virgílio Castelo, que contracena na peça com ela, deixa tudo no ar. “É muito prematuro falar sobre isso”, esclareceu.

A primeira vez que ‘Quarto Azul’ estreou foi em 1921, em Viena de Áustria. Contudo, foi imediatamente tirada de cena por ter sido considerada “obscena”. Entretanto, o realizador Sam Mendes pediu a David Hare para a adaptar e, em 1998, fez um sucesso estrondoso em Londres. A peça, representada apenas por dois actores, fala essencialmente de sexo.

PRIMEIRA ESCOLHA

A actriz, que estava inicialmente prevista para protagonizar a peça ‘Blue Room’, afastou-se do projecto devido a compromissos profissionais com a TVI. É que Alexandra Lencastre é protagonista da nova novela escrita por Rui Vilhena, ‘Dinheiro Vivo’, cujas gravações começam no Verão e prolongam-se durante vários meses, roubando-lhe tempo para outras actividades.

Na nova novela, Alexandra encarna ‘Fátima’, uma mulher empregada e a braços com uma filha rebelde...

Quando lhe foi feito o convite para protagonizar a peça de David Hare, Alexandra estava com vontade de a fazer. “Já tive os direitos dessa peça, que adoro. Nunca a vi em cena, mas apeteceu-me fazê-la, o que é raro”, afirmou.

Fonte: Correio da Manhã

Domingo, 19 de Março de 2006

Fernanda Serrano: Uma mulher de armas dedicada à família

Em 1994 nasceu o Fashion Targets Breast Cancer, uma iniciativa da indústria da moda que tem como objectivos promover a sensibilização da população para as questões relacionadas com o cancro da mama e promover iniciativas de recolha de fundos para esta causa. O estilista Ralph Lauren criou o símbolo, um alvo, que passou a ser uma representação da luta contra esta doença um pouco por todo o mundo. Agora, O Cancro da Mama no Alvo da Moda – 2006 chega a Portugal através da Associação Laço e foram muitas as figuras públicas que se quiseram aliar a esta causa. A actriz Fernanda Serrano foi uma delas.

– Qual a importância desta campanha?
Fernanda Serrano – To­das as campanhas que não tenham fins lucrativos e que sejam objectivas, como esta, são para ser tidas em conta com a maior seriedade. Esta serve, sobretudo, para alertar as pessoas de que estas coisas não acontecem só aos outros. Há que fazer despistagem do cancro da mama desde cedo, pois esta doença afecta mulheres de todas as idades e estratos sociais. É uma situação que deve ser encarada com bastante seriedade, embora com calma. Mas o primeiro passo é sempre o nosso. E se não tivermos essa consciência e não nos policiarmos, torna-se mais difícil.

– E a Fernanda tem algumas precauções, faz esse policiamento?
– Tenho, mas acho sempre que nunca é suficiente. Nós tentamos serenar-nos por termos o mínimo cuidado, mas só devíamos descansar se tivéssemos o máximo. Eu tenho o maior cuidado, até porque sou uma pessoa de risco. Na minha família há bastantes casos de cancro da mama e isso faz-me ficar muito mais alerta. Mas calculo que as pessoas que não são de risco não estejam tão empenhadas em fazer a despistagem do cancro da mama.

– Tem cuidados com a sua saúde?
– Sim, tenho a noção de que sou um ser humano, e que devemos estar atentos, fazer análises e exames com regularidade e tudo o que estiver ao nosso alcance para podermos estar mais tranquilos. Mas passei a ter maior atenção depois de ser mãe.

– Porque tem mais receio de que alguma coisa lhe aconteça?
– Sim, acho que é normal. A partir do momento em que temos outro ser directamente dependente de nós, passamos a sentir que somos ainda mais importante para essas pessoas. E temos de estar bem para estarmos presente em todos os momentos.

– Sendo uma figura pública, preocupa-se com o que os outros pensam de si?
– Preocupo-me sobretudo com o que as pessoas que eu amo pensam de mim, só essas me interessam. As outras nem me lembro de que existem. Mas desilude-me e aborrece-me que as pessoas confundam simpatia e boa disposição, que felizmente eu tenho aos quilos, com ingenuidade e abusem da minha confiança. Mas com calma tudo se consegue, e aos 30 anos as mulheres são muito mais seguras.

– É uma pessoa confiante e segura de si? Acha que isso tem a ver com a idade?
– Sou cada vez mais. Acho que tem a ver com a idade, mas também com a personalidade, a formação, os valores que temos e a nossa experiência de vida.

– Alguma vez duvidou das suas capacidades?
– Em todos os trabalhos e projectos que tenho coloco-me essa questão. O que é bom, pois faz-me estar muito mais atenta e sempre em busca do melhor. E acho que isso produz uma constante melhoria. Preocupar-me-ei um dia em que não me questione sobre isso.

– Gosta de se desafiar a si própria?
– Gosto muito, mas acho que sosseguei essa parte aventureira de alguns anos para cá. Naturalmente, não tem nada a ver com a maternidade. Acho que vivi tudo nos momentos certos, o que me faz sentir muito tranquila e realizada.

– Isso inclui correr riscos ou prefere jogar pelo seguro?
– Nessa fase em que me sentia mais aventureira acho que arrisquei um pouco, mas nunca demasiado, pois sempre dei muito valor à minha vida. Adoro viver e acho que sou muito mais útil viva. (Risos)

– O equilíbrio familiar e emocional é importante?
– Penso que para todos nós, não é? Se estivermos bem a nível pessoal e profissional, somos seres felizes. O facto de eu ser uma pessoa realizada profissionalmente e muito estável em termos familiares faz de mim uma pessoa feliz. Mas acho que isso acontece com toda a gente.

– O Santiago ainda não está na escola. Acha importante mantê-lo em casa?
– Penso que o facto de ele estar com familiares, pelo menos nos dois primeiros anos, só lhe fará bem. Porque nesta altura os bebés querem é carinho, amor, conforto, sentirem-se seguros, mimados e amados. Não vão ligar à parte da sociabilização. A partir de uma certa altura sim, é importante estar com outras crianças, mas isso acontecerá a seu tempo.

– Numa entrevista anterior disse que nasceu para ser mãe. Pensa ter mais filhos?
– Para já, não pensamos nisso. Estamos apenas a saborear estes momentos de graça.

Fonte: Caras

Sábado, 4 de Março de 2006

Fernanda e Pedro - O 1º aniversário de Santiago

Apesar de o filho ser ainda muito pequeno e não dar importância a festas de aniversário, Fernanda Serrano e Pedro Miguel Ramos não resistiram a comemorar, hoje, o primeiro ano de vida de Santiago junto da família e amigos mais chegados.
Pedro e Fernanda mostram-se cada vez mais cúmplicesPedro e Fernanda mostram-se cada vez mais cúmplices

O local escolhido para a celebração foi a casa do casal, que a mãe da actriz, Ercília Serrano, fez questão de decorar a rigor, contando com a ajuda do marido, Jaime. A avó do pequeno aniversariante ficou ainda incumbida de cozinhar. “A Fernanda quis fazer uma festa com uma decoração colorida, cheia de bonecos, a condizer com o bolo de aniversário, pois achou que o filho ia gostar”, começa por contar uma fonte próxima dos pais de Santiago.

Mas as vidas profissionais da actriz e do empresário não lhes permitem ter tempo para tratar dos preparativos. Por isso, os avós maternos deram uma ajuda, conta a mesma fonte: “A festa vai ser na casa da Fernanda e do Pedro, na Aroeira. A dona Ercília tem lá estado a tratar da comida e da decoração, já que a mãe está nas gravações da novela ‘Dei-te Quase Tudo’ e o pai anda sempre a correr de norte a sul do País.”

Entre os convidados para a festa, contam-se ainda as irmãs Ana e Patrícia Brito e Cunha, Margarida Marinho, João Rôlo, Eduardo Beauté, entre outros. Até à hora de fecho desta edição, o CM não conseguiu falar com Fernanda Serrano para saber mais pormenores sobre a festa. Já Pedro Miguel Ramos, prefere não expor o filho. “Nunca falo publicamente sobre o Santiago e quero manter esta postura. É óbvio que já lhe comprei o presente, mas não vou dizer qual.”

"VOU DAR-LHE ROUPA"

O costureiro é uma espécie de tio para Santiago, pelo que todos os momentos são bons para mimar o bebé. “Adoro dar-lhe prendas e sempre que vou para o estrangeiro trago-lhe um presente. Desta vez, trouxe-lhe um roupão e uma ‘t-shirt’ da Disney com o Nemo, que é um boneco que ele adora”, diz João Rôlo.

TERESA NÃO VAI À FESTA

Devido ao trabalho, Teresa Guilherme não poderá comparecer na festa. “Estou o dia todo em gravações”, diz a produtora, que fez questão de sugerir a prenda ideal para Santiago. “O melhor presente que ele pode vir a receber dos pais é uma mana!”

Fonte: Correio da Manhã

Sábado, 17 de Dezembro de 2005

Actores estão novamente apaixonados



Fernanda Serrano e João Reis viveram um grande amor em ‘Amanhecer’ e vão voltar a trocar carícias em ‘Dei-te Quase Tudo’. Cenas que a ficção copia da vida real.

Ainda eram solteiros quando protagonizaram um tocante caso de amor na telenovela ‘Amanhecer’, exibida na TVI. Fernanda Serrano assumia então o papel da prostituta Anabela e João Reis era o professor Luís Carlos, um homem tímido e culto que lhe oferece uma vida nova. Passados três anos, os dois actores revivem a paixão como principal par romântico do enredo de ‘Dei-te Quase Tudo’, a nova novela da TVI.

A ficção recupera assim dois rostos mediáticos da televisão que ao viverem um romance se preparam para arrebatar o imaginário colectivo. Mas, tal como na vida real, os amores nas telenovelas são cada vez menos eternos e cada vez mais tumultuosos. Para João Reis, “o romance é o grande motor dos enredos de todas as novelas”. O actor, que casou este Verão com Catarina Furtado, explica à Correio TV: “A novela é uma espécie de literatura barata e apetecível. E, como em quase toda a literatura, os romances entre as pessoas são a parte mais dinâmica e mais interessante das estórias. Neste sentido, a novela não foge à regra”.

Reconhecendo que, hoje, a “sociedade é menos conservadora e as relações entre as pessoas libertaram-se”, João Reis acrescenta que “os autores têm feito um esforço para acompanhar os tempos”. Fernanda Serrano, ainda antes das gravações, admitiu à Correio TV que o romance é fundamental na sua vida e que as cenas de ficção não afectam a realidade nem o seu casamento com Pedro Miguel Ramos. “Nós apoiamo-nos muito um ao outro. Conciliamos as nossas vidas com muito jeitinho e capacidade de organização”.

O empresário e apresentador, que admira “tudo” em Fernanda Serrano, não quis comentar o trabalho da mulher. “Não vejo telenovelas, pois não fazem o meu género. E também acho que não é importante tecer comentários”, disse. Para Dalila Carmo, a Júlia da telenovela ‘Ninguém como Tu’, que agora chegou ao fim na TVI, “o romance é um tema muito central em relação a todas as outras estórias, e com o qual toda a gente se identifica. Os telespectadores gostam de acompanhar as relações das personagens, ver a química entre actores. E chegam a viver muito intensamente os amores entre os pares românticos”. Outra actriz, Lídia Franco, é peremptória quando diz que “não pode haver novela sem romance.”Se a telenovela é o espelho da vida, da realidade, tem forçosamente de ter a componente do romance”.

Lídia Franco, que em ‘Nunca Digas Adeus’ viveu uma relação com um homem mais novo (personagem interpretada por Nuno Homem de Sá), adverte que “não há romances idílicos” e que o “amor é eterno enquanto dura”. “Antigamente, as pessoas namoravam, casavam, tinham filhos e viviam juntos até ao final da vida. Mas hoje assiste-se a uma grande mudança e é natural que ela esteja reflectida nos romances das telenovelas por forma a que o público se identifique”, explica. Dalila Carmo concorda: “Já ninguém morre por amor, mas em cada romance falhado há sempre uma morte simbólica. E, apesar de hoje em dia as pessoas já assumirem as suas responsabilidades e enfrentarem as consequências, continuam a sofrer contrariedades por razões sociais ou de ordem religiosa. Ainda existem preconceitos”.

E para o actor nem sempre é fácil assumir esse papel. Alexandra Lencastre, que na telenovela ‘Ninguém como Tu’, interpretou das cenas mais ousadas da ficção portuguesa, sublinha: “As pessoas pensam que os actores ficam excitados nas cenas de sexo, mas não é verdade. Toda a gente fica constrangida e meia parva, dizem-se coisas só para disfarçar.”

E qual é a opinião dos argumentistas sobre o assunto? Tozé Martinho, autor de ‘Dei-te Quase Tudo’, está seguro do papel do romance nas telenovelas: “Todos os elementos da vida, que têm força, podem ser elementos propulsores. Mas o amor é emoção e o sentimento mais forte que o homem tem. O amor moveu montanhas ao longo da História. E acho que ainda hoje move...” Mas a existência de um romance, por si só, não garante o sucesso. “Muitas vezes, as histórias dos romances são meros relatos de emoções sem qualidade narrativa. Ou então têm uma história que se projecta e se resolve sem qualquer acção”, refere.

O argumentista realça que a criação de um romance e a construção das personagens que o compõem, têm “grande importância criativa”. Sobre a sua última novela, ‘Dei-te Quase Tudo’, diz-se ser inspirada no romance de Romeu e Julieta. Tozé Martinho desmente uma eventual relação entre os textos mas assume algum paralelismo em parte da narrativa: “Não temos os Montechccio de Verona e os Capoletos de Cremona... Desta vez são os Capelo do Porto e os Monteiro de Lisboa.”

Nos últimos tempos, as relações amorosas entre personagens de TV têm sido apresentadas de forma substancialmente diferente. Manuel Arouca, autor de ‘Baía das Mulheres’, tem uma explicação simples: “Neste momento, as pessoas precisam de uma identificação e não de sonhar. O retrato social actual aponta para uma sociedade mais instável. A sociedade portuguesa vem-se alterando há mais de uma década.

O número de divórcios aumentou e a própria relação entre os miúdos mudou, por exemplo.” Por isso mesmo, os enredos do “novelão”, como o argumentista refere, tornam-se previsíveis aos olhos do público. ”Isto é como tudo na vida. A habituação satura. E foi o que aconteceu com as telenovelas”, diz Manuel Arouca. O argumentista entende que essa identificação ao real não acontecia porque o público ainda mantinha o sonho do grande romance e do grande amor.

No entanto, Manuel Arouca considera que esse género de novela, mais relacionada com o grande romance, apenas surge em Portugal com ‘Jardins Proibidos’: “Até lá, a maioria das novelas eram policiais, com uma intriga mais próxima do mistério e de acontecimentos ocultos do passado.” Hoje segue-se a tendência brasileira, com uma narrativa centrada em temas mais actuais e fracturantes.

Mas embora considere que as pessoas estão hoje identificadas com outros modelos de telenovela, isso não o conduz a uma desvalorização do romance: “Nada me diz que uma novela centrada num grande amor não venha a ter grande sucesso. Até porque não há receitas específicas para que tal aconteça... Essencial é conseguir que o público se identifique com a história, com a sua acção e com os locais onde se desenrola.”

'AMANHECER'

No papel de Luís Carlos, um pacato professor, João Reis recuperou Anabela (Fernanda Serrano) que se prostituia nas ruas.

OUTROS ROMANCES

'NINGUÉM COMO TU'

Interesses uniam Luísa (Alexandra Lencastre) e António (Homem de Sá) . Só a morte do empresário pôs fim ao romance.

'O TEU OLHAR'

Um acidente une Margarida (Sofia Alves) e Miguel (António Pedro Cerdeira), o médico que lhe devolve a visão.

'ANJO SELVAGEM'

Pedro (José Carlos Pereira) e Mariana (Paula Neves) protagonizaram o caso de amor mais longo da ficção portuguesa.

'FILHA DO MAR'

Nos Açores desenrolou-se o romance entre Salvador (Marcantónio Del Carlo) e Marta (Dalila Carmo).

'SABER AMAR'

Romance entre o viúvo João Pedro (Marcantónio Del Carlo) e Diana (Leonor Seixas), bióloga apaixonada por golfinhos.

'MULHERES APAIXONADAS'

Edwiges (Carolina Dieckmann) prendeu o coração de Cláudio (Erik Marmo) e do público que acompanhou a novela.

'CELEBRIDADE'

O amor que unia Maria Clara (Malu Mader) e Fernando (Marcos Palmeira) triunfou apesar das sucessivas ciladas.

ROMANCE NA FICÇÃO E NA VIDA

Um dos últimos trabalhos que João Reis fez em televisão (RTP) foi a série ‘A Ferreirinha’. Nesta produção, e na pele de Camilo Castelo Branco, contracenou com Catarina Furtado que interpretava Ana Plácido. Foi nesta série que o casal se apaixonou. João Reis assinou trabalhos no teatro, na televisão, no cinema e na rádio. Na RTP fez as séries juvenis ‘Riscos’ e ‘Crianças SOS’ e a novela ‘Senhora das Águas’. Na TVI destacou-se com ‘Amanhecer’.

ACTRIZ E MÃE DE FAMÍLIA

Natural de Estremoz, Alentejo, Fernanda Serrano está casada com Pedro Miguel Ramos, empresário e apresentador, de quem tem um filho, Santiago, de nove meses. A actriz é um dos rostos mais bem pagos no universo da publicidade e tem um contrato de exclusividade com uma instituição bancária. Fernanda Serrano, que era manequim, estreou-se em televisão com ‘Noite de Reis’ (RTP). Em 1997 integrou o elenco da telenovela ‘A Grande Aposta’ e, depois, ‘Os Lobos’. Na TVI fez ‘Jardins Proibidos’, ‘Filha do Mar’ e ‘Queridas Feras’. No cinema destaca-se ‘Jaime’ e os telefilmes ‘Um Passeio no Parque’ e ‘Alta Fidelidade’.

PERFIS

JOÃO REIS, ACTOR

Profissão: actor.

Idade: 40 anos.

Outros trabalhos: ‘Um Hamlet a Mais’ (Teatro) e ‘Sapatos Pretos’ (Cinema).

FERNANDA SERRANO, ACTRIZ

Profissão: actriz.

Idade: 32 anos.

Outros trabalhos: ‘Academia dos Famosos’ (TVI) e ‘Olhó Vídeo’ (TVI).

Domingo, 4 de Dezembro de 2005

Angola foi uma agradável surpresa para Serrano


A actriz é a principal protagonista de ‘Dei-te Quase Tudo’ e esteve a filmar em Angola, local onde a narrativa se inicia.

Com estreia agendada para segunda-feira, ‘Dei-te Quase Tudo’ promove o regresso de Fernanda Serrano aos ecrãs após um período em que se dividiu entre o teatro e a maternidade. Na nova novela da TVI – a mais cara de sempre, segundo José Eduardo Moniz, director-geral do canal – a actriz interpreta uma médica pediatra com uma profunda ligação a Angola.

NBP e TVI escolheram o cenário onde estão construídas as salas de João (António Capelo) e Carlos (Luís Esparteiro) – dois irmãos cujas desavenças resultantes da Revolução dos Cravos são o ponto de partida para esta história – para palco da apresentação de ‘Dei-te Quase Tudo’. Foi aí que Fernanda Serrano confidenciou aos jornalistas a sua experiência em terras angolanas. As gravações decorreram no sul daquele país africano, “nas cascatas de Binga, na aldeia de Uembe e numa área de mangais a cerca de hora e meia de Luanda.”

A (falta de) qualidade das estradas foi a principal diferença que Fernanda Serrano encontrou. Ainda assim, ficou “agradavelmente surpreendida.” A actriz esperava encontrar “um país muito mais destruído” e acabou por conhecer uma Angola “em reconstrução, de uma forma saudável, feliz e crescente, embora gradual.” Para o desempenho do seu papel, preparou-se “como sempre: fazendo pesquisa e falando com pediatras que fizeram esse tipo de trabalho.”

Fernanda Serrano interpreta Ana Maria, uma médica pediatra solteira, nascida em Angola, que se dedica à reabilitação de crianças estropiadas pela guerra civil local. Este é um papel “totalmente diferente.” “Tenho tido a felicidade de fazer sempre personagens distintas. Isso faz-me trabalhar mais”, diz Fernanda. No seu regresso à TV, a actriz não sente grandes dificuldades: “Estava com um ritmo mais descansado, já que fazer teatro é mais tranquilo. Mas quem trabalha nisto há anos, está habituado. Aliás, quem tem um filho já está habituado a acordar cedo”, brinca, referindo-se ao facto de ter sido mãe há pouco menos de um ano.

Por agora, as exigências das gravações obrigam-na a passar menos tempo com o filho, Santiago. Para compensar, levou o bebé ao estúdio: “Conheceu os decors e portou-se bem. Já fez uma cena, sabia o texto todo e entrou à deixa. Ele tem signo de actor. É Peixes, que é o signo dos artistas.”

A actriz sublinhou ainda o elevado custo de produção da novela e espera que “todos sintam a responsabilidade” que daí advém. Em ‘Dei-te Quase Tudo’ a actriz encontra “uma visão um pouco shakespeariana da vida.” “Se em muitas situações da vida tivéssemos o cuidado de ter em conta ‘Romeu e Julieta’, com certeza teríamos uma visão muito mais poética da vida.”

TÍTULO E MÚSICA: GONZO OUTRA VEZ

Cinco anos depois do sucesso de ‘Jardins Proibidos’, a telenovela que lançou Vera Kolodzig, uma das protagonistas de ‘Dei-te Quase Tudo’, a TVI voltou a escolher um tema de Paulo Gonzo para dar título à sua telenovela e musicar o genérico.

DEI-TE QUASE TUDO

Canal: TVI

Dia: 2.ª a 6.ª feira

Hora: 23h00

Formato: Telenovela

Sábado, 10 de Setembro de 2005

Fernanda Serrano é protagonista de ‘A Bomba’

Regresso na altura certa


Fernanda Serrano
Fernanda Serrano

Após um ano de ausência, Fernanda Serrano começa a gravar ‘A Bomba’ já em Setembro. Aveiro é o cenário desta telenovela da TVI, cuja estreia está prevista para Novembro.

 

 

 

Fernanda Serrano vai ser a protagonista da próxima telenovela da TVI, escrita por Tozé Martinho e cujo título provisório é ‘A Bomba’. A actriz confirmou à Correio TV que estava “muito contente com este regresso”, adiantando que as gravações arrancam já no final de Setembro, estando a estreia desta nova ficção portuguesa – que deve ser exibida em horário nobre – prevista para o mês de Novembro.

“Este regresso à televisão acontece mesmo na altura certa, pois o início das gravações coincide com o final da digressão da peça ‘Confissões de Mulheres de 30’, que se prolongou por mais um mês do que o inicialmente previsto”, afirmou Fernanda Serrano com um largo sorriso. “Acho sempre bom fazer uma pausa entre cada telenovela, no entanto nunca tinha feito um interregno tão grande como este. Desta vez fiz um intervalo de mais de um ano. Mas aproveitei muito bem este tempo. Num ano, consegui casar, ter um filho e fazer uma peça de teatro com digressão”, acrescentou a actriz. “Acho que foi muito bom, foi um ano muito preenchido”, concluiu. Empenhada profissionalmente, adiantou: “Já tenho saudades do ritmo agitado das gravações das telenovelas”.

Apesar de ser certa como protagonista, a actriz não revelou pormenores sobre o enredo de ‘A Bomba’, mas mostrou-se confiante de que a telenovela “sendo escrita por Tozé Martinho só pode ser muito boa”. “Já sei qual vai ser o meu papel, mas não vou dizer se sou a boazinha ou a má, senão perde todo o interesse. Só adianto que é uma personagem muito interessante”, acabou por confessar. Entretanto, o autor e actor já escreveu cerca de vinte episódios e a novela vai ser gravada entre Aveiro e Lisboa, sendo que grande parte do enredo decorre na cidade conhecida como ‘Veneza portuguesa’.

Esta é, aliás, uma das estratégias da TVI para deslocalizar as suas ficções. O Alentejo, o Algarve, e as cidades da Figueira da Foz e Coimbra já foram cenários de outras telenovelas da estação de Queluz de Baixo, que escolhe mesmo figurantes das próprias regiões onde decorrem as filmagens para as suas produções. Quanto à escolha dos actores para esta nova aposta, a Correio TV sabe que a selecção ainda está a decorrer, mas, para já, há a certeza de que desta vez Tozé Martinho não entra como intérprete na novela da sua autoria. Outro dos nomes de que se fala para ‘A Bomba’ é o da actriz Paula Neves, a inesquecível protagonista de ‘Anjo Selvagem’. Considerada uma das actrizes mais talentosas da sua geração, Fernanda Serrano não tem hesitado em mudar de visual para vestir a pele das diferentes personagens que ao longo dos anos tem assumido no pequeno ecrã.

Quando protagonizou a prostituta Anabela, em ‘Amanhecer’, percorreu alguns locais onde é habitual a prática de prostituição. Mas um dos seus papéis mais marcantes foi, sem dúvida alguma, na telenovela ‘Queridas Feras’ (TVI, 2004), em que assumiu a personagem de Mónica, uma arquitecta que sofria de cancro na mama. A actriz quis sentir na pele o drama da doença, que afecta milhares de mulheres, e fez questão de rapar o cabelo para melhor se aproximar dessa realidade. Na altura, Fernanda Serrano confessou à Correio TV que teve necessidade de conhecer de perto a realidade das mulheres que passaram por esse drama: “Infelizmente, existem bastantes casos de pessoas (e algumas que me são bastante próximas) que passaram por esta situação em concreto. A fórmula que pensei ser a melhor para não defraudar qualquer expectativa foi mesmo recolher toda a informação possível junto de médicos especialistas e estar, falar e conhecer essas pessoas que enfrentaram com sucesso esta luta”.

Depois desse trabalho, Fernanda Serrano afastou-se um tempo para recuperar energias. Casou, sofreu de perto a infelicidade de perder o sogro e ver a sogra incapacitada, devido a um acidente de viação, e foi mãe. Já em 2005, chegou a ser convidada para integrar o elenco do actual sucesso da TVI, ‘Ninguém como Tu’, mas a maternidade impediu-a de aceitar. Ainda assim, não poupa elogios à protagonista desta novela escrita por Rui Vilhena. “Para mim, a Alexandra Lencastre é uma das melhores actrizes portuguesas e nesta telenovela vê-se claramente a qualidade do trabalho dela. Não há uma cena da Alexandra Lencastre que não esteja perfeita”, afirma, com convicção.

Casada com Pedro Miguel Ramos, de quem tem um filho, Santiago, que nasceu em Março último, Fernanda Serrano destaca que o apoio do marido – que neste momento apresenta o programa ‘Noites de Verão - O Melhor da Nossa Terra’ na RTP1 – é essencial para a sua carreira e para o seu bem-estar emocional. “Nós apoiamo-nos muito um ao outro, consultamo-nos para tudo, a opinião do Pedro é fundamental para todas as decisões que eu possa tomar e vice-versa. Somos muito companheiros, muito cúmplices e preocupamo-nos com a vida e a carreira um do outro. Depois amamo-nos muito, o que é suficiente”, contou a actriz.

Em breve, quando começarem as gravações da telenovela ‘A Bomba’, Fernanda Serrano vai ser obrigada a viajar entre Lisboa e Aveiro, mas a distância não parece assustá-la. Afinal, já durante a representação da peça ‘Confissões de Mulheres de 30’, que interpretou ao lado de Maria Henrique e Ana Brito e Cunha (que entrou em substituição de Margarida Marinho), a actriz foi obrigada a percorrer quase todo o País. “Conciliamos as nossas vidas agitadas com muito jeitinho, com uma capacidade de organização muito grande e muita vontade de desfrutar todos os momentos. Nós tentamos estar o máximo de tempo juntos e quando não podemos estar em casa, em lazer, estamos juntos no trabalho”, declarou, referindo-se à cumplicidade que a une a Pedro Miguel Ramos. O casal é um exemplo de como a boa gestão do tempo é sempre possível.

DA ESTREIA AO ÊXITO NA TELEVISÃO

Oriunda do mundo da moda, Fernanda Serrano é um caso de sucesso na representação. Estreou-se na apresentação do programa de variedades ‘Noite de Reis’, na RTP, a que se seguiu ‘Olhó Vídeo’, na TVI. Mas foi em ‘A Grande Aposta’ (RTP/1997), telenovela de Tozé Martinho, que se estreou como actriz e revelou todo o seu talento. Seguiram-se as telenovelas ‘Os Lobos’ (RTP/1998), ‘Filha do Mar’ (TVI/2001), que alcançou uma audiência de 17,2% e um share de 48,1%, ‘Amanhecer’ (TVI/2002, com uma audiência de 12,2% e 40,7% de share) e ‘Queridas Feras’ (TVI/2003, 11,6 % de audiência e 40,3% de share). Fernanda Serrano interpretou também a Luísa em ‘O Conde de Abranhos’.

ADMIRADOR Nº 1 DE FERNANDA

Pedro Miguel Ramos, apresentador e empresário, não poupa elogios à mulher, com quem casou há um ano. “Admiro tudo na Fernanda. Ela não só é uma boa profissional, que é muito empenhada, mas também é uma excelente pessoa”. O apoio entre o casal é constante e mútuo, e o empresário da cadeia ‘Amo-te’ faz questão de acompanhar cada passo da carreira de Fernanda Serrano.

"VOU LEVAR O SANTIAGO COMIGO"

Fernanda Serrano não consegue estar muito tempo longe do filho, por isso quer levar o pequeno Santiago, de apenas cinco meses e meio, para as gravações da nova telenovela. “Experimentei levar o meu filho para a digressão da peça ‘Confissões de Mulheres de 30’ e correu muito bem”, diz. “Além disso, tenho o apoio da minha mãe, que me acompanha para todo o lado. Foi muito bom, porque quando acabava a peça, podia logo ir ‘namorar’ com ele”, revela. Apesar do ritmo das novelas obrigar a filmagens diárias de sete horas, a actriz vai arriscar. “Vou levar o Santiago comigo. Como ele é muito calmo julgo que vai correr tudo bem, mas eu também não aguentava ficar tanto tempo longe dele”.

PERFIL

Natural de Estremoz, Fernanda Serrano nasceu em 1973 e estreou-se como manequim com apenas 15 anos. Ainda ligada ao mundo da moda, começou uma carreira de representação na televisão e no cinema. Destacou-se nas telenovelas ‘Filha do Mar’ (TVI/2001), ‘Amanhecer’ (TVI/2002), e ‘Queridas Feras’ (TVI/2003).

No cinema, salienta-se a participação da actriz nos filmes portugueses ‘Jaime’, de António-Pedro Vasconcelos e ‘Teorema de Pitágoras’, de Leonel Vieira. É casada com Pedro Miguel Ramos e mãe de Santiago, de cinco meses e meio.

 

fonte : CM

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Últimas:

. ...

. Cachet das estrelas

. Fernanda e Pedro: "Bebé a...

. Fernanda Serrano:“Estou r...

. Actrizes de "Tu e Eu" rev...

. Fernanda Serrano e Antóni...

. Fernanda Serrano é vilã e...

. Serrano incomodada com ce...

. Fernanda Serrano e Pedro ...

. Fernanda Serrano - Nua no...

. Fernanda Serrano: Uma mul...

. Fernanda e Pedro - O 1º a...

. Actores estão novamente a...

. Angola foi uma agradável ...

. Fernanda Serrano é protag...

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

.tags

. a bela e o mestre(6)

. alexandra lencastre(29)

. alinne moraes(8)

. ana guiomar(5)

. angelico vieira(16)

. angelina jolie(20)

. antonio pedro cerdeira(13)

. band(8)

. barbara guimaraes(6)

. barbara norton de matos(5)

. belissima(9)

. benedita pereira(6)

. brad pitt(13)

. britney spears(8)

. canta por mim(4)

. carolina dieckmann(5)

. catarina furtado(20)

. caua reymond(9)

. cesar peixoto(11)

. christina aguilera(6)

. cinha jardim(5)

. claudia semedo(5)

. claudia vieira(28)

. cleo pires(7)

. cristiano ronaldo(29)

. dalila carmo(9)

. dança comigo(11)

. dani(7)

. daniela mercury(5)

. daniela ruah(13)

. danielle suzuki(6)

. deborah secco(7)

. deixa-me amar(9)

. diana chaves(22)

. diogo amaral(10)

. doce fugitiva(5)

. dzrt(6)

. elsa raposo(7)

. fala-me de amor(4)

. fernanda serrano(15)

. floribella(13)

. francisco adam(5)

. francisco penim(5)

. gato fedorento(7)

. globo(25)

. gloria pires(4)

. guilherme berenguer(4)

. helena isabel(4)

. henri castelli(4)

. herman josé(4)

. ilha dos amores(16)

. imperius(7)

. ines castel-branco(6)

. ines simoes(4)

. isabel figueira(34)

. ivete sangalo(4)

. jennifer lopez(5)

. jessica athaide(4)

. joana duarte(11)

. joana solnado(13)

. joão reis(9)

. jose fidalgo(6)

. juliana paes(6)

. luciana abreu(15)

. mafalda pinto(6)

. margarida vila nova(18)

. maria joão bastos(15)

. mariana monteiro(7)

. marisa cruz(8)

. melanie c(5)

. merche romero(46)

. morangos com açucar(51)

. nbp(5)

. operaçao triunfo(5)

. paixões proibidas(7)

. paula lobo antunes(6)

. paula neves(6)

. paulo pires(7)

. pedro granger(6)

. pedro miguel ramos(8)

. pedro teixeira(10)

. ricardo pereira(16)

. rita andrade(5)

. rita pereira(20)

. rodrigo menezes(6)

. rtp(43)

. rtp1(30)

. rtp2(5)

. ruy de carvalho(5)

. são josé correia(11)

. shakira(8)

. sic(71)

. silvia alberto(11)

. sofia alves(9)

. sonia araujo(6)

. soraia chaves(24)

. tempo de viver(9)

. tu e eu(8)

. tvi(126)

. vila faia(5)

. todas as tags

.Links:

blogs SAPO

.subscrever feeds