Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Cachet das estrelas

Luciana Abreu subiu a parada. Depois de renegociar o contrato com a SIC, a modesta rapariga que ficou conhecida pela telenovela ‘Floribella’ passou a ganhar mais do que muitas estrelas do mundo da televisão e o seu ordenado, de 20 mil euros, já está a dar que falar.
Luciana Abreu

Ao receber esta pequena fortuna, a menina-bonita de Teresa Guilherme e Francisco Penim deixou incrédulos alguns actores com longos anos de carreira que neste momento passaram a receber um salário de verdadeiros principiantes quando comparado com o de Luciana Abreu.

Actualmente, Alexandra Lencastre, Patrícia Tavares, Diogo Morgado, António Pedro Cerdeira, Sofia Alves e Margarida Vila-Nova estão a receber menos de metade daquilo que ganha Luciana Abreu, que em dois anos de carreira já tem um ordenado de fazer inveja a muitos veteranos.

Mas a verdade é que a actriz soube fazer-se valer do seu poder de negociação. No apogeu da série juvenil ‘Floribella’ e com um carisma cada vez mais forte junto do público infantil, Luciana Abreu acumulou convites e chegou a comunicar à estação de Carnaxide que estava de saída. A presença da actriz na RTP era dada como certa mas, numa reviravolta inesperada, a ‘Flor’ resolveu recuar e mostrou-se disponível para negociar com a SIC.

Em boa hora o fez. Sem projectos que lhe agradassem na estação estatal, onde apenas lhe ofereciam um programa infantil – a actriz viu o sonho de participar em ‘Vila Faia’ furado –, Luciana pediu mais dinheiro a Teresa Guilherme e mostrou-se completamente devota à casa que a projectou na carreira. Com os avanços e recuos, a SIC decidiu agarrar Luciana Abreu com uma proposta mais do que generosa. Actualmente, a actriz tem a sua conta bancária recheada com 20 mil euros por mês, que não serão a sua única fonte de rendimento. Além do ordenado-base, Luciana ganha ainda 15% dos lucros dos concertos ao serviço da banda da ‘Floribella’.

A actriz está radiante com a melhoria das suas condições financeiras, até porque com este aumento dobrou o salário de dois dos veteranos da representação nacional. Ruy de Carvalho e Eunice Muñoz foram ultrapassados pela ‘Flor’ visto que levam para casa cerca de dez mil euros por mês.

Neste momento, Luciana Abreu é das estrelas mais bem pagas da televisão portuguesa e também um caso raro na SIC, que não costuma fazer propostas tão generosas aos seus actores. Na estação de Carnaxide não é hábito abrir os cordões à bolsa e gastar fortunas no ordenado de um actor – recorde-se que Soraia Chaves e Ricardo Pereira não vão além dos quatro mil euros. No meio televisivo é a TVI quem melhor paga às suas estrelinhas, isto se não tivermos em conta as caras recém-chegadas às telenovelas.

Actualmente ser actor já não traz as mesmas vantagens económicas, e não se pense que os jovens que integram o elenco de séries juvenis como ‘Morangos com Açúcar’ têm recibos de ordenado de fazer inveja. É que o salário médio de um ‘moranguito’ não vai muito além dos mil euros mensais. Dedicados ao trabalho, os jovens actores queixam-se de exploração: muitas horas de trabalho nos estúdios e poucas garantias de trabalho futuro.

Os problemas começaram a ser tornados públicos depois da primeira série dos ‘Morangos’ – a única que conseguiu o sucesso pretendido junto dos telespectadores.

Sem trabalho nem perspectivas de virem algum dia a ser integrados em algumas das novas telenovelas da TVI, foram vários os actores que mostraram o seu desagrado em relação à maneira como estavam a ser tratados pela estação de Queluz de Baixo.

Marta Faial e Francisco Froes, entre muitos outros participantes na série, revelaram à Comunicação Social ter vários meses de salários em atraso e, revoltados, explicaram que se sentiam enganados pela TVI, que lhes tinha prometido mundos e fundos sem nada cumprir. Para estes jovens actores, o sonho de representar foi a pouco e pouco ficando pelo caminho. Mas nem todos podem queixar-se. Que o diga Luciana Abreu e os seus 20 mil euros por mês.

LUCIANA ABREU

A actriz fez-se valer da sua popularidade junto do público juvenil e passou a receber um ordenado de estrela. Além do salário mensal, a ‘Floribella’ ganha ainda 15% dos lucros dos concertos da sua banda.

RUY DE CARVALHO E EUNICE MUÑOZ RECEBEM 10 MIL EUROS

Os dois veteranos da representação nacional recebem um cachet no valor de dez mil euros, ou seja, metade daquilo que Luciana Abreu leva para casa ao final do mês. Os profissionais viram-se assim ultrapassados pela ‘Floribella’.

SORAIA CHAVES E RICARDO PEREIRA

São duas das estrelas da SIC mas a verdade é que, juntos, Ricardo Pereira e Soraia Chaves recebem apenas metade do vencimento mensal de Luciana Abreu.

CACHET DAS ESTRELAS

Luciana Abreu: 20.000 euros

Alexandra Lencastre: 12.000 euros

Ruy de Carvalho: 10.000 euros

Eunice Muñoz: 10.000 euros

Pedro Lima: 8.000 euros

Sofia Alves: 8.000 euros

Fernanda Serrano: 8.000 euros

António Pedro Cerdeira: 8.000 euros

Margarida Vila-Nova: 6.000 euros

Patrícia Tavares: 5.000 euros

Soraia Chaves: 4.000 euros

Ricardo Pereira: 4.000 euros

Sara Prata: 1.000/1.500 euros

Correio da Manhã

Domingo, 28 de Outubro de 2007

Luciana Abreu analisa várias propostas

Ainda ocupada com as gravações da telenovela juvenil da SIC, ‘Floribella’, Luciana Abreu está, como disse a mãe, Ludovina Abreu ao CM, “a analisar várias propostas de trabalho em televisão, não tendo ainda decidido qual irá aceitar”.

Actriz hesita entre canais

Entretanto, a actriz deixou de ter Miguel Belo como agente, como confirmou o próprio ao nosso jornal, revelando apenas: “O nosso contrato terminou há duas semanas e deixei de a agenciar”.

Fala-se que a protagonista de ‘Floribella’ poderá vir a apresentar um programa infantil na SIC, mas a mãe não confirma. E explica: “A Luciana tem várias propostas de vários lugares, graças a Deus, e nada está decidido. Ela ainda está a pensar no que quer fazer, no que será melhor para ela”.

Para já, Luciana prossegue o seu trabalho na segunda série de ‘Floribella’, em fase final de gravações. Ontem, a intérprete de ‘Flor’ esteve a gravar todo o dia. “Ela e a equipa costumam descansar todos os fins-de-semana, mas este foi um sábado especial”, revelou a mãe.

Correio da Manhã

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

Famosos em desfile solidário

Foram várias as figuras públicas que marcaram presença no desfile solidário que teve lugar no Jardim Zoológico de Lisboa.
Luciana Abreu presente no desfile solidário

De braço dado com algumas crianças portadoras de deficiências, as actrizes Luciana Abreu, Cristina Cavalinhos, entre muitas outras caras conhecidas, mostraram-se sem preconceitos e passaram a tarde a mimar as crianças presentes no evento, que contou com uma visita especial.

Bibá Pitta fez questão de aparecer com a sua filha Madalena e dar o exemplo a todos os presentes.

Luciana fora de Vila Faia

Quando assinou contrato com a RTP, Luciana Abreu deixou bem claro que queria continuar a carreira de actriz e que seria um sonho fazer parte do elenco da nova telenovela da estação, ‘Vila Faia’. E a verdade é que, apesar de a RTP ter outros planos para a ‘Floribella’, numa altura inicial deixou em aberto que a actriz poderia fazer parte do grupo de actores escolhidos para a telenovela.

‘Floribella’ muda-se para a RTP mas não faz parte dos 38 eleitos para participar na nova telenovela da estação

O casting está fechado e os 38 eleitos para brilhar em ‘Vila Faia’ há muito que estão escolhidos. Um grupo que não conta com a antiga cara da SIC Luciana Abreu. “Ainda pensaram em dar-lhe uma oportunidade na ‘Vila Faia’, pois este era o sonho da Luciana, mas acharam que neste momento seria uma melhor aposta colocá-la a apresentar um programa infantil”, contou uma fonte ligada à RTP que preferiu o anonimato.

Para já, Luciana Abreu terá a seu cargo a apresentação de um programa infantil –, ao estilo da cantora brasileira Xuxa –, uma situação que não deixou a actriz particularmente satisfeita. A ‘Floribella’ nunca escondeu que era no mundo da representação que pretendia brilhar e não viu com bons olhos a ‘nega’ da RTP para que integrasse o elenco de ‘Vila Faia’.

“A Luciana queria fazer uma coisa com um registo diferente da ‘Floribella’ e estava muito entusiasmada por poder participar na ‘Vila Faia’. Agora ficou um pouco desiludida com este desfecho”, contou a mesma fonte.

Até porque, depois de se estrear como apresentadora, Luciana Abreu teme não voltar a ter uma boa oportunidade na carreira de actriz. Apesar de o papel que lhe iria ser atribuído em ‘Vila Faia’ não ser uma grande participação, a verdade é que a antiga estrelinha da SIC estava entusiasmada e decidida a provar que não é só em séries juvenis que faz sucesso.

Agora resta a Luciana Abreu esperar por uma nova oportunidade como actriz na RTP. Enquanto o dia não chega, a actriz vai mostrar o seu lado de apresentadora num programa infantil. Um registo que bem conhece desde os tempos de ouro da telenovela pela qual ficou conhecida.

ANA GUIOMAR NA NOVELA

Depois de ter participado na telenovela ‘Morangos com Açúcar’, em ‘Tu e Eu’ e na série da RTP ‘Conta-me como foi’, Ana Guiomar foi convidada para integrar o elenco de ‘Vila Faia’. A ex-moranguita não pode estar mais feliz com a participação, até porque o elenco, que conta com 38 caras conhecidas do mundo da televisão, é de peso.

Albano Jerónimo, Inês Castel-Branco, Marta Leite de Castro, entre muitos outros nomes, já deram o sim à estação e, depois de finalizados os testes de imagem, começam a gravar as primeiras cenas de ‘Vila Faia’. Por enquanto ninguém quer revelar grandes pormenores sobre a telenovela mas o entusiasmo do grupo de actores é grande.

CM

Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Irmã da actriz sofre depressão

 A irmã mais velha de Luciana Abreu, Liliana, vive uma situação complicada. Há vários meses que a jovem cedeu à depressão e garante que o seu estado se deve à distância da actriz. “Ela não está a aguentar todas estas complicações familiares. E o facto de a Luciana não lhe falar ainda agrava mais as coisas”, contou uma fonte próxima de Liliana, que acrescenta ainda: “Como a Liliana está sem trabalho, faz com que os problemas psicológicos piorem”.

 

Há muito tempo que Liliana diz sentir-se ignorada pela irmã. ‘Floribella’ desmente

 

 

Em entrevista ao CM, Luciana Abreu nega ter deixado de falar com a irmã mais velha e garante que tudo fez para a ajudar profissionalmente. “Tenho melhor condições de vida agora, por isso ajudei-a no que pude”, explica Luciana Abreu, que diz ter tentado, inclusive, levar a irmã para a ‘Floribella’. “Ofereci-lhe o book, que ela tanto me pedia, porque queria uma carreira como manequim e ajudei-a monetariamente. Só não consegui arranjar-lhe trabalho na novela, como ela pediu, porque na produção não quiseram. E ela ficou simplesmente zangada. Amo-a muito e sinto uma tristeza enorme por isso”, remata a actriz, que prefere não alimentar mais as polémicas à volta da sua família.

Mas a verdade é que Liliana não aceita o facto de a irmã ser famosa e ela não. “A Luciana atingiu a fama porque teve sorte, mas eu fui artista primeiro do que ela. Não tenho inveja nenhuma, antes pelo contrário. Mas desde pequenina que tenho o sonho de ser famosa e hei-de conseguir”, explicou Liliana há pouco tempo ao CM.

A verdade é que os seus ideais não se alteraram muito e a família paterna de Liliana garante que este facto a tem levado à depressão.

FAMÍLIA

Liliana é a mais velha das três irmãs da família Abreu, mas a verdade é que as relações da jovem com a mãe e as irmãs nunca foram fáceis. E tudo se complicou com o facto de Luciana Abreu se ter tornado famosa, já que Liliana nunca aceitou bem o sucesso da irmã. Agora, a jovem sofre uma depressão motivada pelas complicações familiares.

 Correio da manhã

 

Domingo, 30 de Setembro de 2007

Ao estilo da cantora Xuxa

Continua a negar que tem acordo firmado com a RTP mas há muito que o contrato entre Luciana Abreu e a estação está mais do que fechado. Tanto que a ‘Floribella’ já sabe tudo o que vai fazer na sua nova casa. A RTP vai apostar na actriz para o elenco de ‘Vila Faia’ mas não se fica por aqui. A estação quer explorar também um outro lado de Luciana: o de apresentadora.
A actriz já assinou contrato com a RTP, onde, além da participação em ‘Vila Faia’, vai apresentar um programa infantil

Ao estilo da cantora brasileira Xuxa, a actriz vai ter um programa destinado ao público infantil no qual se fará valer do carinho conquistado pelos mais novos na telenovela ‘Floribella’. O novo programa de Luciana Abreu será exibido aos domingos e irá para o ar no mesmo horário que outrora pertenceu a Merche Romero e ao seu ‘Factor M’.

Talvez uma coincidência na vida da actriz e da apresentadora, que ficaram recentemente ligadas por um outro factor: Cristiano Ronaldo. Apesar de nunca se ter confirmado qualquer envolvimento entre o futebolista do Manchester e a antiga menina-bonita de Francisco Penim, a verdade é que a actriz alimentou o falatório ao aparecer ao lado da irmã do jogador, Kátia Aveiro, no desafio que opôs a Selecção Nacional à do Liechtenstein.

Luciana Abreu nunca confirmou o romance mas a mãe da actriz fez questão de apimentar a história ao garantir a uma publicação que Cristiano Ronaldo daria um excelente genro. A polémica devolveu Luciana Abreu às capas das revistas cor-de-rosa numa altura em que a actriz andava a ser pouco falada.

Com o ‘empurrão’ do futebolista, a actriz vê-se de novo nas luzes da ribalta e reza agora a todos os santinhos para que o seu programa na RTP tenha o sucesso desejado.

CM

Domingo, 19 de Agosto de 2007

Luciana Abreu coloca selicone no peito



A actriz e cantora Luciana Abreu, conhecida do grande público como «Floribella», aderiu à moda da silicone, aumentando o tamanho dos seios.

Luciana faz esta semana capa da revista «tv mais» a quem contou estar «muito contente» com o resultado da operação plástica.

A protagonista da série da SIC, conta a revista, fez um implante mamário dia 6 deste mês, numa cirurgia dirigida pelo médico Ângelo Rebelo.

Luciana é assim mais uma das «famosas» portuguesas a aderir à moda da silicone.

A manequim Carla Matadinho, as apresentadoras de televisão Iva Domingues e Vanessa Oliveira, a actriz Sara Aleixo, as gémeas Sara e Tristana Esteves Cardoso e a actriz Patrícia Tavares são algumas das que já decidiram «retocar» as maminhas.

Domingo, 29 de Julho de 2007

Luciana Abreu a caminho da RTP?

 

O meu futuro a Deus pertence.” É assim que Luciana Abreu, de 22 anos, reage quando confrontada com as notícias que recentemente chegaram a público sobre a sua ida para a RTP, e continua: “Neste momento, estou completamente dedicada às gravações de ‘Floribella’, que terminam em Dezembro. Em relação ao resto, está tudo no segredo dos Deuses”.

 

 

Apesar de nada dizer sobre o interesse da RTP em tê-la como estrela da estação pública, Luciana Abreu admite: “Estou aberta a qualquer proposta, até porque não tenho vínculo com nenhum canal”. E assim é. O contrato de Luciana é com a empresa de Teresa Guilherme, que produz a novela da SIC.


Ao que a tvmais apurou, o interesse da RTP por Luciana manifestou-se na final da terceira edição de “Dança Comigo”, que a jovem venceu e que deu àquele canal a liderança nas audiências desse dia. A proposta está em cima da mesa, mas os contornos da mesma ainda não estão definidos, nem sequer se falou em números, pois, e ao contrário do que foi publicado, Luciana não foi sondada para integrar o elenco do remake de “Vila Faia”.


Nuno Santos não prestou qualquer declaração em relação a este assunto, uma vez que à data de fecho desta edição o director de Programas da RTP estava de férias.


Mas a posição oficial da estação pública sobre esta notícia chegou-nos através do gabinete de imprensa: “A RTP e a produtora estão neste momento a desenvolver as personagens para ‘Vila Faia’. Por isso, seria prematuro a confirmação de actores”. Da parte da SIC, o silêncio foi a palavra de ordem, até porque o contrato de Luciana Abreu com a estação de Carnaxide só termina em Dezembro.

Sábado, 5 de Maio de 2007

Estrelas sem exclusividade

Rostos populares de programas da SIC e TVI ajudam RTP a cativar audiências para o concurso ‘Dança Comigo’.


O formato de maior sucesso da RTP1 saltou as fronteiras da estação pública e quem mais brilha no ecrã são ‘bailarinos’ da concorrência. Sobretudo jovens actrizes que protagonizam novelas da SIC e da TVI e que, por breves momentos, ajudam a RTP a ‘roubar’ público às estações privadas. Mesmo a mediática e controversa participação de Luciana Abreu no formato produzido pela Endemol foi apenas a última de uma série de edições onde estiveram, entre outros, Ana Guiomar, Rodrigo Saraiva (colega de Luciana em ‘Floribella’ e ex ‘Morangos’ da TVI) ou Benedita Pereira. Isto depois de Daniela Ruah (a Daniela de ‘Tu e Eu’), Rita Pereira (a Estrela de ‘Doce Fugitiva’) ou Tiago Castro (o Crómio de ‘Morangos com Açúcar’) também terem marcado presença nas duas primeiras temporadas. E a estratégia da RTP parece resultar. No ar há mais de um ano – a estreia foi a 11 de Fevereiro de 2006 –, o programa semanal baseado nas danças de salão conquistou uma audiência média de quase um milhão de espectadores e, normalmente, só não é o mais visto aos sábados quando há jogos de futebol.

Para Nuno Santos, director de Programas da estação pública, “não há nenhuma razão específica para que esta migração temporária de estrelas da concorrência para a RTP aconteça. É algo natural”, sustenta. O responsável do canal público reconhece que “ter pessoas conhecidas no programa é uma mais-valia” e que, no caso particular de Luciana Abreu, “o mesmo se tornou mais apetitoso em termos mediáticos”. No entanto, defende que “não é só pelos concorrentes que o ‘Dança Comigo’ se destaca”. E explica que no programa apresentado por Catarina Furtado “participa gente de várias áreas, mas sobretudo muita gente do espectáculo que, naturalmente, é associada ao canal A ou B”. “Mas, da mesma forma que nunca foi regra deixar de convidar alguém porque pertence a determinado canal, também não convidamos apenas por isso.” Parte do problema parece estar na receptividade de figuras de outras áreas da sociedade para participar no formato. “Haver gente, até há, as pessoas é que não querem participar”, reconhece. No entanto, o director de Programas da RTP sustenta que ‘Dança Comigo’ até “tem tido variedade no tipo de concorrentes”.

INTERCÂMBIO TRAZ VANTAGENS

Para Eduardo Cintra Torres, o intercâmbio de rostos conhecidos entre canais também traz vantagens. “Não só para o ‘Dança Comigo’, mas para qualquer outro programa.” O crítico televisivo defende que “num País e num meio tão pequenos, isso é quase inevitável”. “Não vejo porque razão as pessoas não possam participar em programas da concorrência, excepto se houver um contrato de exclusividade.” Não é o caso de Luciana Abreu, sobre a qual ainda recentemente Francisco Penim afirmou não ter as características necessárias para assinar um contrato de exclusividade com a SIC. O mesmo se passa com os rostos da TVI que têm surgido no programa da RTP.

Ainda sobre Luciana Abreu, Nuno Santos reconhece que ficou “satisfeito” com a sua prestação no concurso e com os resultados das audiências nesses dois dias. Mesmo assim, o director de Programas da estação pública desvaloriza o impulso que a ‘Flor’ deu às audiências de ‘Dança Comigo’: “Os dados das duas primeiras temporadas são idênticos aos da terceira. Os primeiros três ou quatro programas não tiveram grandes resultados, mas depois foi em crescendo até à final.” De facto, nas duas primeiras temporadas de ‘Dança Comigo’, as finais – a 17 de Junho de 2006 e na noite de Ano Novo – foram dos programas mais vistos com 1,292 mil e 1,079 mil telespectadores, respectivamente. A expectativa para a decisão da terceira temporada de ‘Dança Comigo’ é grande uma vez que Luciana Abreu será presença garantida depois de ter vencido a primeira semifinal no passado-fim-de semana. Saliente-se que nas duas últimas edições – que contaram com a presença de Luciana Abreu – as audiências de ‘Dança Comigo’ subiram relativamente às realizadas este ano ao atrair mais 200 mil espectadores do que até então.

NUNOS SANTOS SATISFEITO

Nuno Santos mostra-se satisfeito por ver uma jovem actriz, que conhece e “que já trabalhou com a RTP, empenhada naquilo que está a fazer e com um sorriso na cara”, mais do que pelos resultados, diz. O responsável da estação pública sustenta ainda que não tem “uma visão fechada” em relação à participação de figuras do seu canal em programas da concorrência. Nem veria nisso qualquer problema. “Obviamente, por exemplo, se me dissessem que o Jorge Gabriel ia apresentar dois programas na SIC ou na TVI, não concordava, mas não é de apresentar programas que se trata. É apenas uma participação”. E afirma também que as polémicas em volta destas participações são apenas especulação e que a concorrência nunca se manifestou contra: “Nunca ninguém me contactou e, tanto quanto sei, ninguém na RTP foi contactado por isso”. Aliás, se a presença de Luciana Abreu em ‘Dança Comigo’ foi intensamente comentada, já a participação de Rodrigo Saraiva, o Bata de ‘Floribella’, não causou qualquer controvérsia.

Na SIC, a participação de ‘Floribella’ alegadamente não agradou a algumas figuras de topo e obrigou mesmo Francisco Penim a regressar antecipadamente de Cannes, onde se encontrava em visita ao MIPTV, a grande feira mundial de conteúdos televisivos. No entanto a posição oficial dos responsáveis da estação de Carnaxide é a oposta e, no dia da primeira participação, um comunicado sustentava o apoio à actriz: “A SIC faz votos de que a Luciana Abreu a represente condignamente na RTP, na sua participação no ‘Dança Comigo’”, lia-se.

Já a TVI não tem manifestado oposição pública face à participação dos actores das suas novelas em programas da concorrência. Talvez porque ainda no ano passado a estação de Queluz recorreu a figuras alheias à TVI para o concurso ‘Canta Por Mim’, que disputava as audiências directamente com ‘Dança Comigo’ na RTP. A excepção parece ter sido o veto da estação à participação de Manuela Moura Guedes no programa dos ‘Gato Fedorento’. A propósito da luta de audiências, José Eduardo Moniz já referira à Correio TV que disputas do género não fazem sentido: “Estamos todos no mercado, em que cada um dá o melhor que tem. O nosso campeonato é o da rentabilidade. Se acima disso vier o das audiências melhor.

ENTRADA DE ACTRIZES FAZ DIFERENÇA NAS AUDIÊNCIAS

RITA PEREIRA

Actuou na final de ‘Dança Comigo’ em Junho. A RTP lucrou com a popularidade da actriz de ‘Morangos com Açúcar’ e ‘Doce Fugitiva’.

40,5% share: Dança Comigo, RTP1

43,6% share: Dei-te Quase Tudo, TVI

DANIELA RUAH

A vencedora da primeira temporada de ‘Dança Comigo’ teve mais espectadores no programa da RTP do que na novela em exibição na TVI.

1,292 mil espectadores: Dança Comigo, RTP1

813 mil espectadores: Tu e Eu, TVI

LUCIANA ABREU

A ‘Flor’ cativou mais audiências na semifinal de 28 de Abril na RTp 1 do que na estreia da segunda temporada da novela juvenil da SIC.

1,088 mil espectadores: Dança Comigo, RTP1

605 mil espectadores: Floribella, SIC

AS ADVERSÁRIAS: BENEDITA PEREIRA E ANA GUIOMAR

As actrizes que saltaram para a fama em ‘Morangos com Açúcar’ e depois protagonizaram ‘Tempo de Viver’ foram duas das adversárias de Luciana Abreu nas eliminatórias de ‘Dança Comigo’. Ambas foram derrotadas pela rival da SIC.

CATARINA FURTADO ELOGIA LUCIANA ABREU: UM “BEIJINHO” PARA A CONCORRÊNCIA

Na última gala de ‘Dança Comigo’, Catarina Furtado contou com a presença de duas caras que se destacaram na estação de Carnaxide. Para além de Luciana Abreu, muito elogiada pela apresentadora, também João Adelino Faria, actualmento no Rádio Clube Português e antigo jornalista da SIC Notícias, fez parte do júri. Catarina enviou mesmo “um beijinho para a SIC”.

OS PRÓXIMOS BAILARINOS DE ‘DANÇA COMIGO’

CRISTINA HOMEM DE MELLO

Intérprete de novelas de grande audiência na TVI, como ‘Baía das Mulheres’ e ‘Tempo de Viver’, vai bailar na RTP1.

CÉSAR MOURÃO

O humorista que se tem destacado na SIC, no programa ‘Hora H’, é um dos convidados da próxima gala, de dia 5.

ANA ROCHA

Actriz de televisão e teatro vai mostrar quanto valem os seus dotes de bailarina com as danças de salão.

JOÃO BATISTA

O actor, que se tem afirmado no teatro e na TV, é outro dos convidados da gala do próximo Sábado de ‘Dança Comigo’.

POLÉMICA COM GATOS: TVI PROÍBE MANUELA

Manuela Moura Guedes foi recentemente proibida pela TVI de participar num sketch de ‘Diz que é uma Espécie de Magazine’ da RTP1.

FINAL A 30 DE JUNHO

A grande final da 3.ª temporada de ‘Dança Comigo’ tem lugar no dia 30 de Junho e, tal como aconteceu nas outras edições, deverá realizar-se num espaço capaz de receber vários milhares de pessoas. Luciana Abreu é a primeira finalista apurada. Os restantes serão conhecidos nas próximas semanas.

SUCESSO INTERNACIONAL

‘Dança Comigo’ é baseado no programa ‘Strictly Come Dancing’, um formato criado em 2004 pela BBC, que ficou conhecido internacionalmente como ‘Dancing With the Stars’. Actualmente está em exibição em 27 países diferentes. Nos EUA, a estreia da 4ª temporada, a 17 de Março, foi vista por mais de 20 milhões de telespectadores.

APRESENTADORA: ESTRELA SIC

‘Chuva de Estrelas’, que a SIC estreou em 1994, lançou Catarina Furtado para a fama.
Sexta-feira, 30 de Março de 2007

Floribella e Clarinha, um encontro inesquecível

 

 

Doces, meigas e de sorriso aberto, elas conquistaram o público. De um lado, Joana Mocarzel, a estrela maior de “Páginas da Vida”, a menina com síndroma de Down que, graças à sua interpretação como Clarinha, encantou o Brasil e Portugal.

 

Do outro, Luciana Abreu, a Flor, que, de norte a sul do País, tem fãs que vibram só de ouvir o seu nome. Elas são responsáveis pelas boas audiências nas noites da SIC e vão encontrar-se na entrega dos Globos de Ouro, numa noite de festa cheia de glamour. Será um encontro inesquecível e pleno de emoção entre duas estrelas que só recentemente conheceram o sucesso, mas que criaram um sentimento de afecto e ternura por parte do público, graças aos papéis que desempenharam.

 

Tanto a Joana como a Luciana caberá a honra de subir ao palco e entregar prémios que distinguem os melhores em várias áreas da cultura nesta gala da revista “Caras” e da SIC.

 

Duas guerreiras

Joana, de 7 anos, é uma verdadeira heroína. Ela já havia feito um documentário, “De Luto a Luto”, realizado pelo seu pai, o cineasta Evaldo Mocarzel, para combater o preconceito contra a Trissomia 21, doença de que é portadora. Já foi alvo de inúmeras homenagens e tributos, uma vez que, com a sua coragem e determinação, faz com que a luta pela integração das pessoas com deficiência seja cada vez mais uma realidade.

Nesta noite de festa, terá ao seu lado Luciana Abreu, de 23 anos, que nunca se ficou com um não. Batalhou, desde muito nova, por um lugar ao sol, para poder demonstrar todo o seu talento. O seu percurso é bem conhecido: desde os 13 anos, com o programa “Cantigas da Rua”, que Luciana não desiste. Daí até ao “Ídolos”, da SIC, e ao casting para protagonista de “Floribella” a sua história escreve-se num ápice e com final feliz.

Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Luciana Abreu:"Sou difícil de conquistar, gosto do jogo da sedução"

Por momentos, abandonou o ar de menina ingénua e impôs toda a sua sensualidade. Numa arrojada produção fotográfica, Luciana Abreu não teve nada de Flor e encarnou o espírito de uma verdadeira femme fatale. O papel assentou-lhe na perfeição. Luciana posou sem tabus e sem reservas, libertando a sua feminilidade. O mesmo aconteceu na entrevista. Sem subterfúgios ou meias-palavras, a actriz, de 21 anos, falou abertamente sobre a família, o amor e a religião, os três alicerces da sua vida.

 

                

Luciana, que no espaço de um ano saiu do anonimato para se tornar uma das actrizes mais populares em Portugal, tem na mãe o seu ideal de mulher. “A minha mãe já sofreu muito na vida, é uma lutadora. Tem uma força incrível, e é a ela que vou buscar a minha força.” Filha de pais separados, Luciana mudou-se do Norte para a capital porque as incessantes gravações da novela da SIC a obrigaram a isso.

                         

Consigo trouxe a mãe e a irmã mais nova, Luísa, enquanto a mais velha, Liliana, optou por continuar em Gaia, onde a família sempre viveu. Apaixonada pela vida, a famosa Flor não é mulher de se apaixonar facilmente por alguém. “Sou muito exigente”, confessa. O seu maior companheiro de viagem? “Deus. Tudo o que me aconteceu ao longo deste ano teve um toque divino. Como tudo o que sucede na minha vida.”

– Há um namorado na vida de Luciana?
Luciana Abreu – Não.

– Por falta de oportunidade ou porque não anda à procura?
– As duas coisas. Primeiro, porque não estou para aí virada. Tenho tanto trabalho, que não me preocupo com o facto de não ter alguém, até porque não teria tempo para lhe dar atenção. E, depois, não ando à procura, estou muito bem assim. Vai chegar o dia em que vou sentir falta de ter uma pessoa ao meu lado, mas aí logo se verá.

– Já viveu alguma paixão arrebatadora?
– Já. Tanto andava nas nuvens como em cima de espinhos de rosas. Quando estamos apaixonadas, tanto nos sentimos felizes e maravilhadas como, de repente, podemos desmoronar. A relação acabou, porque o tempo assim o quis. Mas permaneceu uma boa amizade.

– Prefere seduzir ou ser seduzida?
– As duas coisas. Não que me ache sedutora, mas gosto desse jogo de sedução.

É difícil de conquistar?
– Muito. Sou muito exigente. Tenho sempre de sentir qualquer coisa ao primeiro olhar. Tem de haver uma certa química. E gosto que me surpreendam, gosto do factor romantismo. O cavalheirismo e os pequenos gestos têm muito significado para mim.

Fugiria com alguém num cavalo branco ou numa mota topo de gama?
– Num cavalo branco…

– Ou seja, prefere os romances cor-de-rosa à aventura e ao inesperado?
– Também gosto quando as coisas não são lineares, quando não é tudo previsível. Gosto de ser surpreendida. E, às vezes, sou a primeira a alinhar.

– Acredita que se pode ser feliz para sempre?
– Acho que não se pode ter a felicidade como garantida. É algo que se constrói e que não é segura. Existem sempre os dois lados, a felicidade e a tristeza. E a tristeza tem de existir para sabermos o que é ser-se feliz.

– Qual é o seu ideal de homem?
– Eu peço muito pouco. Há valores que prezo muito, como a lealdade, o respeito mútuo, a cumplicidade ou a confiança. São valores que nos fazem amar. O amor por si só não basta para sermos felizes. Temos de nos sentir preenchidas com a pessoa que está ao nosso lado. Talvez aí, sim, possamos ser felizes para sempre.

– Acredita em príncipes encantados?
– Não.

– Ou seja, há homens de carne e osso, com todos os seus defeitos e qualidades…
– É isso mesmo! Cada um é como é. Desde que saibamos viver em harmonia, conseguimos superar tudo.

– Suportaria uma traição?
– Definitivamente, não. Nesse aspecto, não dou o braço a torcer.

Quando chegar o grande dia, pretende fazer tudo como manda o figurino? Igreja, véu, grinalda…
– Sim. Claro que, quando namorava, pensava mais nisso. É inevitável. Agora nem tanto. Mas em vez da igreja, gostava de me casar na praia.

– E partir em cima de um cavalo branco?
– Claro. [risos] Com um vestido lindo. Esse é um passo que quero dar, convicta de que será para sempre.

E a maternidade, faz parte dos seus planos?
– Completamente. Mas o que eu queria mesmo agora era adoptar uma criança. Até tenho um quarto a mais em casa para isso. Já o tentei fazer, mas as leis e as burocracias são horríveis. Tenho pessoas a tratar disso para mim, até porque tenho o sonho de adoptar uma criança chinesa.

– Os seus pais separaram-se quando era criança. Como é que reagiu?
– Nunca falei muito sobre isso, mas dou graças a Deus por ter havido essa separação. Nós sofremos muito, passámos por coisas horríveis pelas quais não quero passar nunca mais na minha vida.

– Refere-se a dificuldades de que tipo? Financeiras, pessoais, de relacionamento…
– De tudo um pouco. Passámos por más experiências que nos ajudaram a dar valor às pequenas coisas, e que nos permitiram amadurecer e crescer. Para mim, a minha mãe é uma santa. Uma pessoa que já sofreu muito, uma lutadora. Tem uma força incrível, e é a ela que eu vou buscar a minha força. Neste momento, está com uma licença sem vencimento, porque eu não a quero deixar trabalhar. Ela tinha dois empregos, sempre trabalhou muito para me sustentar a mim e às minhas irmãs ao longo da nossa infância, para que não nos faltasse nada. Neste momento, como filha, sinto-me na obrigação de cuidar dela. Só quero que sejamos uma família feliz.

– Pressupõe-se que não conta de todo com uma figura paterna…
– Nunca pude contar. É um mapa riscado na minha vida, nem sequer perco tempo a pensar nisso. Não vale mesmo a pena.

O facto de correr atrás de um sonho levou-a a abdicar de outros factores. Em que patamar ficaram as saídas à noite, as idas ao cinema e à discoteca, coisas tão próprias da sua idade?
– Isso está tudo em fila de espera. Sinto que estou a passar pela melhor fase da minha vida, e vou ter tempo para gozar o resto depois. Não é nada que me tire o sono.

– Tem 21 anos e, seguramente, todas as preocupações típicas das mulheres. Como é a Luciana mulher?
– É alguém com os pés muito assentes na terra. Considero-me uma pessoa humilde e lutadora. Sou do tipo camaleão, adapto-me às diversas situações, o que me ajuda imenso. Aconteceu-me com esta sessão de fotografias. Encarnei uma personagem, vesti a pele de alguém.

– Vê-se como uma mulher sensual?
– Tenho o meu lado de mulher, se tiver de o usar, sei usá-lo, mas não me vejo como uma mulher sexy quando olho para o espelho. Nem penso nisso. Sou tão simples…

Se depois desta aventura juvenil lhe propusessem um papel completamente diferente, de uma verdadeira mulher fatal, que jogasse com a aparência e a sensualidade para atingir os seus fins, considerá-lo-ia aliciante?
– Completamente. Era um desafio que aceitava na hora. Faria de tudo para arrasar. Ia adorar fazer um papel desses, de jogar com a sedução, com a arte de seduzir.

 

Domingo, 29 de Outubro de 2006

Ri-fixe, Floribella em cena no Coliseu

Os fãs de “Floribella” vão poder vê-la e ouvi-la, ao vivo e a cores, no musical que irá subir ao palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, nos próximos dias 13, 14 e 15 de Novembro. O projecto terá como protagonistas o elenco principal da série da SIC e contará ainda com a colaboração de um corpo de 10 bailarinos. Miguel Dias, o chef Antoine dos Fritzenwalden, é o autor e encenador, enquanto a coreografia ficou a cargo de Paulo Jesus.

Ao contrário do que foi divulgado entretanto na imprensa, este espectáculo apenas terá três apresentações, não estando planeada – pelo menos para já – uma digressão pelo País. Segundo fonte próxima da produção, isso seria impossível de acontecer, pelo menos com a participação do elenco da série, numa altura em que a agenda de gravações é tão apertada.

Garantidos estão os efeitos visuais, que serão grandiosos, um guarda-roupa especialmente criado para o espectáculo e o mundo de sonho de Flor retratado até ao mais pequeno pormenor. Uma ressalva é no entanto feita: o final do espectáculo não é, necessariamente, aquele que a série exibida pela estação de Francisco Pinto Balsemão poderá apresentar.

A equipa responsável por este musical já está a trabalhar a todo o gás! Os trabalhos começaram e prevê-se um ensaio geral, no palco do Coliseu, no próximo dia 10 de Novembro. O espectáculo que, com toda a certeza, ficará na lembrança de todos os fãs de Flor, terá três apresentações diárias, sendo uma delas exclusivamente para escolas com marcação prévia. Por isso, não percas mais tempo e marca já na agenda!

Informações úteis:
Horário: Há dois espectáculos diários:
às 16.30 h e 19.30 h. Para escolas o horário é às 10.30 h
Preços
Primeira plateia: 30 euros; segunda plateia: 25 euros; balcão: 20 euros
Os bilhetes:
Já estão à venda na bilheteira do Coliseu dos Recreios, na Ticketline, lojas FNAC e agências habituais
TV Mais

Domingo, 15 de Outubro de 2006

Luciana Abreu diz que não tem tempo para namorar

Sem tempo para o amor. É assim que Luciana Abreu responde ao que se tem dito e escrito sobre possíveis relações da actriz mais cobiçada do momento. A ligação amorosa a Diogo Amaral, com quem contracena na novela, é um dos últimos rumores. A actriz responde: “Continuo solteira, bem solteira e muito boa rapariga. Não tenho tempo para mais nada, esta é uma altura para trabalhar e não deixo que nada me influencie”.


Luciana compreende que se escreva muita coisa, até porque admite que Floribella é um fenómeno, mas fica triste com quem inventa mentiras a seu respeito. “Não ligo nem comento as notícias... cada um sabe de si e tem a sua consciência. Não sei até que ponto conseguem dormir em paz quando fazem mal às outras pessoas com calúnias e tudo o mais... Felizmente, tenho comigo a melhor mãe do mundo que está sempre a meu lado. Nunca me abandonou, é a pessoa mais importante da minha vida”, garante.


A família é o grande refúgio da estrela do momento, que admite ainda estar a viver a melhor fase da sua vida. “Tenho uma família fantástica, honesta, trabalhadora... sempre aprendi com eles. Estou a viver a melhor fase da minha vida, Deus está comigo e isso é o que importa.”


Sobre o excesso de trabalho, Luciana desvaloriza o tempo que não tem e garante que agora é o trabalho que importa. “O trabalho não pára, mas não me importo de não descansar, porque é sinal de que o trabalho corre bem. E eu continuo com o mesmo objectivo pessoal, que é abrir instituições para crianças, deficientes e idosos. Quero ser rica para poder fazer isso.”

TV Mais

Terça-feira, 14 de Março de 2006

Floribella faz Teresa chorar

Foi com emoção que Teresa Guilherme assistiu, na companhia de Francisco Penim (director da SIC) e Attílio Riccó (o realizador da novela), ontem, à apresentação à Imprensa do elenco e dos cenários da primeira telenovela produzida pela SIC.

Teresa Guilherme e Francisco Penim brindam ao sucesso

Lavada em lágrimas, a responsável pela ficção no canal de Carnaxide confessou ter ficado “surpreendida” com a apresentação. “Pela positiva, o que é raro acontecer”, frisou.

Mais directo foi o discurso de Francisco Penim. O director-geral do canal fez questão de evidenciar, mais do que uma vez, que esta é “a primeira novela da SIC” e que outros projectos de ficção estão a ser pensados. Penim utilizou mesmo o termo “fábrica” para toda a estrutura que a SIC está a criar a partir desta novela, da ‘sitcom’ ‘7 Vidas’ e do novo projecto que Teresa Guilherme está já a preparar – baseado no original espanhol ‘Aqui no Hay Quien Viva’.

Entre os actores, foi Luciana Abreu, a protagonista, quem brilhou mais. A ‘Flor’ de ‘Floribella’ mostrou que ela e a banda – ainda não tem nome –, criada para suportar parte da história, sabem mesmo tocar. Aliás, pela amostra de ‘Ricos e Pobres’, o tema escolhido para a ‘premiere’ da banda, o ritmo alegre e a batida latina prometem contagiar muita gente durante os meses quentes do Verão. Quanto à estreia, Franscisco Penim apenas disse: “Escusam de perguntar.”

Fonte: Correio da Manhã

Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2006

Luciana Abreu a protagonista da novela da SIC

Luciana Abreu a protagonista da novela da SIC

Teresa Guilherme e Francisco Penim, director de Programas, acreditam que ela não os deixará ficar mal. Os responsáveis maiores pela escolha da menina da Vila Nova de Gaia têm a certeza de que ninguém poderia desempenhar melhor o papel de Flor. “Nunca pensei que fizesse tão bem, até porque o papel é difícil, é denso e ao mesmo tempo tem nuances cómicas. Experimentámos para ver se ela podia ser a nossa Cinderela e tivemos uma surpresa muito agradável. A Luciana é uma força da natureza, não só a cantar como a representar”, revela a produtora, que se cruzou, pela primeira vez, com a cantora há sete anos quando esta ganhou a final de “Cantigas da Rua”.


Penim vai mais longe: “O casting dela foi muito perto da perfeição. Foi de longe o melhor. A Luciana captou a essência da Flor, talvez por ser uma mulher do Norte e ter ‘pêlo na venta’. A Flor não é uma miúda que fique para trás. Responde quando tem de responder, mas também tem de ter um ar dócil e plácido. Portanto, não podia estar mais contente”.


De novo na ribalta Para Luciana, este projecto veio na hora certa. É que, desde que participou no Festival Eurovisão da Canção, em Maio último, a “Borboleta” pouco voou como cantora. As propostas que teve na área não lhe pagavam as contas. Decidiu, então, voltar a estudar e a trabalhar como manicura no cabeleireiro de uma tia. “Deixei-me estar no meu cantinho”, assegura, com alguma timidez.

A jovem estreante já assinou o contrato com a SIC


E se a música parecia estar posta de lado, a representação era algo que nunca imaginou poder levar a sério. As experiências com o grupo Seiva Trupe e uma peça amadora que esteve em cena no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, foram pequenas. “Tinha apenas sonhado ser actriz. De repente, acordo com um telefonema e a minha vida muda radicalmente”, confessa. Chegou a sua hora. Flor, uma menina que vai tornar-se numa cantora famosa, tem todas as características para conquistar o público.


“Ela é fantástica! Identifico-me muito com a Flor. É simples, meiga, sonhadora, amiga do seu amigo. Vive um conto de fadas, tal como eu estou a viver. No entanto, quando lhe fazem mal, muda. É uma personagem muito engraçada”, sublinha, minutos antes de mudar de visual. É que ela vai surgir completamente diferente na novela. Durante a produção, o seu cabelo estará castanho, encaracolado e muito comprido.


Tudo para se aproximar do look da protagonista de “Floricienta”, o original argentino que serve como pano de fundo à saga portuguesa.


As mudanças na vida de Luciana não ficam por aqui. As gravações da novela irão decorrer em Lisboa, o que a obrigou a mudar-se para a capital. Com ela vieram também a mãe, a irmã e o namorado. Um forte apoio para a potencial actriz. “Nem tenho palavras para lhes agradecer. Eles fazem tudo para me ver feliz”, diz.


A história de “Flor” A novela de Carnaxide é baseada em “Floricienta”, um original argentino, que também faz sucesso no Brasil, onde tem como protagonistas Juliana Silveira e Mário Frias. A trama gira à volta de uma jovem que sonha ser cantora e vive como num verdadeiro conto de fadas, no qual nem falta o príncipe encantado.


Estão confirmados
Ao lado de Luciana, estão alguns rostos bem familiares do público. Madalena Brandão, Diogo Morgado, Mafalda Vilhena, Miguel Dias, Rodrigo Saraiva, José Afonso Pimentel, Diogo Amaral, o par romântico da doce Flor, Cristina Cavalinhos, Diogo Martins, Raquel Conceição, também de “Ídolos”, e Rita Ruaz estão já em testes de imagem e ensaio de textos.

Fonte: TV Mais

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Últimas:

. Cachet das estrelas

. Luciana Abreu analisa vár...

. Famosos em desfile solidá...

. Luciana fora de Vila Faia

. Irmã da actriz sofre depr...

. Ao estilo da cantora Xuxa

. Luciana Abreu coloca seli...

. Luciana Abreu a caminho d...

. Estrelas sem exclusividad...

. Floribella e Clarinha, um...

. Luciana Abreu:"Sou difíci...

. Ri-fixe, Floribella em ce...

. Luciana Abreu diz que não...

. Floribella faz Teresa cho...

. Luciana Abreu a protagoni...

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

.tags

. a bela e o mestre(6)

. alexandra lencastre(29)

. alinne moraes(8)

. ana guiomar(5)

. angelico vieira(16)

. angelina jolie(20)

. antonio pedro cerdeira(13)

. band(8)

. barbara guimaraes(6)

. barbara norton de matos(5)

. belissima(9)

. benedita pereira(6)

. brad pitt(13)

. britney spears(8)

. canta por mim(4)

. carolina dieckmann(5)

. catarina furtado(20)

. caua reymond(9)

. cesar peixoto(11)

. christina aguilera(6)

. cinha jardim(5)

. claudia semedo(5)

. claudia vieira(28)

. cleo pires(7)

. cristiano ronaldo(29)

. dalila carmo(9)

. dança comigo(11)

. dani(7)

. daniela mercury(5)

. daniela ruah(13)

. danielle suzuki(6)

. deborah secco(7)

. deixa-me amar(9)

. diana chaves(22)

. diogo amaral(10)

. doce fugitiva(5)

. dzrt(6)

. elsa raposo(7)

. fala-me de amor(4)

. fernanda serrano(15)

. floribella(13)

. francisco adam(5)

. francisco penim(5)

. gato fedorento(7)

. globo(25)

. gloria pires(4)

. guilherme berenguer(4)

. helena isabel(4)

. henri castelli(4)

. herman josé(4)

. ilha dos amores(16)

. imperius(7)

. ines castel-branco(6)

. ines simoes(4)

. isabel figueira(34)

. ivete sangalo(4)

. jennifer lopez(5)

. jessica athaide(4)

. joana duarte(11)

. joana solnado(13)

. joão reis(9)

. jose fidalgo(6)

. juliana paes(6)

. luciana abreu(15)

. mafalda pinto(6)

. margarida vila nova(18)

. maria joão bastos(15)

. mariana monteiro(7)

. marisa cruz(8)

. melanie c(5)

. merche romero(46)

. morangos com açucar(51)

. nbp(5)

. operaçao triunfo(5)

. paixões proibidas(7)

. paula lobo antunes(6)

. paula neves(6)

. paulo pires(7)

. pedro granger(6)

. pedro miguel ramos(8)

. pedro teixeira(10)

. ricardo pereira(16)

. rita andrade(5)

. rita pereira(20)

. rodrigo menezes(6)

. rtp(43)

. rtp1(30)

. rtp2(5)

. ruy de carvalho(5)

. são josé correia(11)

. shakira(8)

. sic(71)

. silvia alberto(11)

. sofia alves(9)

. sonia araujo(6)

. soraia chaves(24)

. tempo de viver(9)

. tu e eu(8)

. tvi(126)

. vila faia(5)

. todas as tags

.Links:

blogs SAPO

.subscrever feeds