Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Cachet das estrelas

Luciana Abreu subiu a parada. Depois de renegociar o contrato com a SIC, a modesta rapariga que ficou conhecida pela telenovela ‘Floribella’ passou a ganhar mais do que muitas estrelas do mundo da televisão e o seu ordenado, de 20 mil euros, já está a dar que falar.
Luciana Abreu

Ao receber esta pequena fortuna, a menina-bonita de Teresa Guilherme e Francisco Penim deixou incrédulos alguns actores com longos anos de carreira que neste momento passaram a receber um salário de verdadeiros principiantes quando comparado com o de Luciana Abreu.

Actualmente, Alexandra Lencastre, Patrícia Tavares, Diogo Morgado, António Pedro Cerdeira, Sofia Alves e Margarida Vila-Nova estão a receber menos de metade daquilo que ganha Luciana Abreu, que em dois anos de carreira já tem um ordenado de fazer inveja a muitos veteranos.

Mas a verdade é que a actriz soube fazer-se valer do seu poder de negociação. No apogeu da série juvenil ‘Floribella’ e com um carisma cada vez mais forte junto do público infantil, Luciana Abreu acumulou convites e chegou a comunicar à estação de Carnaxide que estava de saída. A presença da actriz na RTP era dada como certa mas, numa reviravolta inesperada, a ‘Flor’ resolveu recuar e mostrou-se disponível para negociar com a SIC.

Em boa hora o fez. Sem projectos que lhe agradassem na estação estatal, onde apenas lhe ofereciam um programa infantil – a actriz viu o sonho de participar em ‘Vila Faia’ furado –, Luciana pediu mais dinheiro a Teresa Guilherme e mostrou-se completamente devota à casa que a projectou na carreira. Com os avanços e recuos, a SIC decidiu agarrar Luciana Abreu com uma proposta mais do que generosa. Actualmente, a actriz tem a sua conta bancária recheada com 20 mil euros por mês, que não serão a sua única fonte de rendimento. Além do ordenado-base, Luciana ganha ainda 15% dos lucros dos concertos ao serviço da banda da ‘Floribella’.

A actriz está radiante com a melhoria das suas condições financeiras, até porque com este aumento dobrou o salário de dois dos veteranos da representação nacional. Ruy de Carvalho e Eunice Muñoz foram ultrapassados pela ‘Flor’ visto que levam para casa cerca de dez mil euros por mês.

Neste momento, Luciana Abreu é das estrelas mais bem pagas da televisão portuguesa e também um caso raro na SIC, que não costuma fazer propostas tão generosas aos seus actores. Na estação de Carnaxide não é hábito abrir os cordões à bolsa e gastar fortunas no ordenado de um actor – recorde-se que Soraia Chaves e Ricardo Pereira não vão além dos quatro mil euros. No meio televisivo é a TVI quem melhor paga às suas estrelinhas, isto se não tivermos em conta as caras recém-chegadas às telenovelas.

Actualmente ser actor já não traz as mesmas vantagens económicas, e não se pense que os jovens que integram o elenco de séries juvenis como ‘Morangos com Açúcar’ têm recibos de ordenado de fazer inveja. É que o salário médio de um ‘moranguito’ não vai muito além dos mil euros mensais. Dedicados ao trabalho, os jovens actores queixam-se de exploração: muitas horas de trabalho nos estúdios e poucas garantias de trabalho futuro.

Os problemas começaram a ser tornados públicos depois da primeira série dos ‘Morangos’ – a única que conseguiu o sucesso pretendido junto dos telespectadores.

Sem trabalho nem perspectivas de virem algum dia a ser integrados em algumas das novas telenovelas da TVI, foram vários os actores que mostraram o seu desagrado em relação à maneira como estavam a ser tratados pela estação de Queluz de Baixo.

Marta Faial e Francisco Froes, entre muitos outros participantes na série, revelaram à Comunicação Social ter vários meses de salários em atraso e, revoltados, explicaram que se sentiam enganados pela TVI, que lhes tinha prometido mundos e fundos sem nada cumprir. Para estes jovens actores, o sonho de representar foi a pouco e pouco ficando pelo caminho. Mas nem todos podem queixar-se. Que o diga Luciana Abreu e os seus 20 mil euros por mês.

LUCIANA ABREU

A actriz fez-se valer da sua popularidade junto do público juvenil e passou a receber um ordenado de estrela. Além do salário mensal, a ‘Floribella’ ganha ainda 15% dos lucros dos concertos da sua banda.

RUY DE CARVALHO E EUNICE MUÑOZ RECEBEM 10 MIL EUROS

Os dois veteranos da representação nacional recebem um cachet no valor de dez mil euros, ou seja, metade daquilo que Luciana Abreu leva para casa ao final do mês. Os profissionais viram-se assim ultrapassados pela ‘Floribella’.

SORAIA CHAVES E RICARDO PEREIRA

São duas das estrelas da SIC mas a verdade é que, juntos, Ricardo Pereira e Soraia Chaves recebem apenas metade do vencimento mensal de Luciana Abreu.

CACHET DAS ESTRELAS

Luciana Abreu: 20.000 euros

Alexandra Lencastre: 12.000 euros

Ruy de Carvalho: 10.000 euros

Eunice Muñoz: 10.000 euros

Pedro Lima: 8.000 euros

Sofia Alves: 8.000 euros

Fernanda Serrano: 8.000 euros

António Pedro Cerdeira: 8.000 euros

Margarida Vila-Nova: 6.000 euros

Patrícia Tavares: 5.000 euros

Soraia Chaves: 4.000 euros

Ricardo Pereira: 4.000 euros

Sara Prata: 1.000/1.500 euros

Correio da Manhã

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

Anónimos na mira dos caça-talentos

Mariana Monteiro, a Bia dos ‘Morangos com Açúcar’ e a Mafalda de ‘Doce Fugitiva’, tinha apenas 16 anos quando fez o seu primeiro casting depois de ser descoberta por uma agência numa das ruas da Baixa, quando fazia compras com a mãe.
Mariana Monteiro vai ser indiana de sari e trança preta em 'Imperius'

Mariana Monteiro vai ser indiana de sari e trança preta em 'Imperius'

“Tínhamos vindo a Lisboa passar uma semana. Andávamos a ver montras quando uma senhora da Unique Style nos abordou. Deu-nos o contacto e incentivou-me a fazer umas fotos na agência. Hesitei muito. Mas lá acabei por aparecer e fazer a inscrição.”

Um mês depois, no Porto, a jovem recebe um telefonema para a marcação de um casting.

Após algumas hesitações, Mariana meteu-se ao caminho, chegou a Lisboa, fez as provas e foi escolhida para interpretar a Bia de ‘Morangos com Açúcar’. Hoje com 18 anos, Mariana Monteiro recorda bem esse dia: “Estava muito nervosa. Tive de fazer uma contracena com um rapaz. Ele ‘fazia-se a mim’ e eu tinha de rejeitá-lo. O nervosismo passou quando comecei o casting. No final tinha a sensação de que tinha corrido bem”, conta.

Os pais de Mariana é que não viram com bons olhos o novo desafio da filha, que implicava ir viver para Lisboa, deixar a família e interromper os estudos. “Avisaram-me de que ao primeiro deslize regressava ao Porto. Mas arriscaram e deixaram-me vir. Foi um teste à minha confiança”, conta a jovem actriz, que prepara agora o terceiro trabalho em televisão na telenovela ‘Imperius’, que irá substituir ‘Ilha dos Amores’, na TVI. De trança preta e tez morena, o visual para o novo papel, Mariana Monteiro está irreconhecível.

PROVAR AOS PAIS

Provando aos pais que é uma jovem responsável, Mariana Monteiro concluiu o 12.º ano enquanto gravava ‘Doce Fugitiva’, em que interpretava o papel da rebelde Mafalda Noronha. “Acabava as gravações às 18 horas e ia a correr para as aulas. Foi muito difícil conciliar tudo. Mas consegui concluir o curso”, diz a actriz, que fará 19 anos dentro de dias.

Rafael Vilhena, director da Unique Style, a agência que descobriu Mafalda, faz questão de explicar que “não basta ter bom visual”. “É preciso espontaneidade, atitude. E conta também a forma como falam, como interagem. Só reunidas estas condições é que apostamos nos jovens”, frisa Rafael Vilhena, cuja agência procura novos talentos nas escolas secundárias, nas universidades, nas discotecas, numa rua de uma cidade ou no metropolitano.

“A Rita Fernandes, a Telma da última série de ‘Morangos de Verão’, foi descoberta numa discoteca de Leiria. Tem 19 anos e está agora na República Checa no concurso internacional Miss Europe Junior, em competição com representantes de 26 países.

O evento destina-se a jovens entre os 16 e os 20 anos”, revela à Correio TV o responsável pela Unique Style. Esta mesma agência descobriu ainda Martim Penedo, que começou por fazer publicidade e que aos dez anos foi seleccionado num casting para protagonizar a peça infantil de Filipe La Féria ‘O Principezinho’.

SEM MEMÓRIA DO PRIMEIRO CASTING

Fernando Fernandes, cantor e intérprete que se popularizou com a interpretação da personagem Tomé na série juvenil ‘Morangos com Açúcar’, era também um dos agenciados da Unique Style.

Patrícia Tavares não tem memória do seu primeiro casting. Porque fez muitos e começou muito cedo. Aos oito anos, Patrícia já fazia figuração em filmes estrangeiros. “Nessa altura saía barato vir rodar a Portugal. Mas a figuração era um meio muito restrito. Fiz muito trabalho. Ganhava-se bem e éramos muito bem tratados”, lembra a actriz. Aos 16 anos, Patrícia Tavares faria um casting para a sua primeira telenovela, ‘Roseira Brava’, exibida na RTP 1 em 1995. “Havia imensa gente e, depois de horas de espera, desisti e fui-me embora. Achei que nunca chegaria a minha vez. Como o casting foi atribulado, eles abriram inscrições para mais dias e, graças a uma marosca da minha mãe, lá consegui fazer as provas”. Tozé Martinho, Nicolau Breyner e Ivan Coletti conduziram o casting para ‘Roseira Brava’.

Reconheceram que Patrícia Tavares tinha talento e escolheram-na para fazer o papel de Anabela, a jovem que se apaixona por Manolo (Virgílio Castelo). “Uma semana depois, noutro casting, seria seleccionado o António Pedro Cerdeira, que era o meu herói na novela porque me arrancava das ‘garras’ do Manolo’ e da prostituição”, recorda a actriz.

Casada, com uma filha de cinco anos e cansada das lides domésticas, Maria Vieira, então com 24 anos, decidiu mudar de vida. “Como a minha filha já não estava tão dependente de mim, decidi ir trabalhar para um escritório”, conta. Mas três meses bastaram para que a actriz percebesse que não tinha vocação para passar o dia fechada num gabinete.

A publicação de um anúncio para audições no semanário ‘7ete’ e o incentivo dos amigos levaram Maria Vieira a uma audição no Teatro Adoque. “Pediram-me para cantar. E eu não desafinei. Pediram-me para dançar, e eu fiz a prova sem esforço. Quando me pediram para improvisar uma cena, eu, que não tinha nada preparado, interpretei uma anedota alentejana. Pus a plateia toda a rir”, recorda a intérprete, que faz questão de sublinhar que teve de “trabalhar muito para ser actriz”. “Fiz muitos cursos de voz e interpretação. E ainda hoje tenho aulas”, conta.

AJUDOU A SELECCIONAR MARIA VIEIRA

Quem ajudou a seleccionar Maria Vieira foi o actor e guionista Francisco Nicholson, que integra também o elenco de ‘Imperius’.

Em conversa com a Correio TV, o conhecido intérprete recorda como Virgílio Castelo se tornou actor: “Ele era modelo e tinha tarefas burocráticas no Teatro Adoque. Mas depressa revelou talento e passou para os palcos”.

Alguns anos mais tarde seria a vez de Virgílio Castelo descobrir Pedro Granger e convidá-lo para aparecer num casting.

Em 1998, Ana Brito e Cunha, Pedro Granger e outros jovens actores integravam o grupo de amadores Amigos do Palco e preparavam um espectáculo no Coliseu dos Recreios em prol da Acreditar. “O Virgílio Castelo ia apresentar o espectáculo e, depois de saber através da Ana que eu queria muito ser actor, convidou-me a aparecer num casting para a novela da RTP ‘A Lenda da Garça’”. Para assegurar que o amigo Pedro Granger não faltava ao casting, Ana Brito e Cunha foi levá-lo ao local. “Correu tudo bem”, conta o actor, que na altura estudava Direito na Universidade Nova de Lisboa. “O Virgílio foi o meu padrinho de profissão e a Patrícia Tavares a minha madrinha, porque foi com ela que fiz a minha primeira cena. Lembro-me de que estávamos em Guimarães e eram 09h00 da manhã.” E a brincar acrescenta que Ana Brito e Cunha foi “a fada-madrinha”.

Pedro Granger viaja dentro de semanas para a cidade de Goa, na Índia, onde vai gravar algumas cenas para a telenovela ‘Imperius’, cujo elenco integra.

ÊXITO POR MERO ACASO

O êxito do actor norte-americano James Gandolfini, o Tony da série ‘Os Sopranos’, prova que às vezes o encontro com uma profissão pode acontecer por mero acaso.

Um dia, em Nova Iorque, Gandolfini, que trabalhou como porteiro e depois empregado de bar, acompanhou um amigo às aulas de representação. Foi assim que se introduziu no meio e acabou por se formar na arte de representar. Já America Ferrera, a jovem protagonista da série ‘Betty Feia’, cuja segunda edição começou a ser exibida na SIC, passou no casting graças a um pequeno incidente com um copo. A sua atrapalhação revelou ao produtor que diante si estava uma jovem divertida, humana e “muito real”. As peripécias em redor dos castings são tantas que Dalila do Carmo fez uma peça intitulada ‘Nós depois telefonamos’. “O objectivo era parodiar um pouco com a situação, porque muitas vezes os actores vão aos castings e recebem sempre a mesma resposta: ‘Gostámos muito. Nós depois telefonamos.’ E nunca dizem mais nada...”

PASSOS DA CARREIRA

CAMALEÓNICA

Mariana Monteiro prepara o seu próximo desafio na TVI, a novela ‘Imperius’, que vai substituir ‘Ilha dos Amores’. Habituada a mudar de visual, tornou-se morena, com uma longa trança preta, e recebe aulas de postura e dança para dar credibilidade ao papel de indiana.

A VISÃO DA MÃE

“A mãe de Inês Castel-Branco teve muita visão para perceber as potencialidades da filha. Nem todos os pais têm esta sensibilidade”, conta Ana Borges. Hoje, explica a ex-manequim, já não é tão habitual surgirem nas agências pais a inscrever os filhos. São estes a contactar a agência e a candidatar-se. Os pais só tomam conhecimento da situação quando se confirma que, realmente, os filhos têm hipóteses.

FECHADO NA CASA DE BANHO

Quando fez a audição para o papel de ‘Dr House’, Hugh Laurie estava na Namíbia a filmar ‘Flight of the Phoenix’. Cansado das filmagens e do calor africano, o actor bebeu uma garrafa de uísque, fechou-se na casa de banho do hotel e filmou a sua interpretação do médico viciado.

Ao ver o vídeo de Laurie, o autor, Bryan Singer – que tinha decidido recusar actores britânicos –, ficou fascinado com o sotaque genuinamente americano de Hugh Laurie e escolheu-o de imediato. O que Singer não sabia é que Hugh Laurie é natural do Reino Unido e concorrera ao casting a pensar que House era uma personagem secundária. Mais tarde, com as filmagens, os produtores descobriram que a imagem de Laurie era também sedutora.

MARIA VIEIRA: AUDIÇÃO POR ANÚNCIO

Foi “por paixão” que entrou na profissão, num tempo em que os castings eram designados por ‘audições’ e reservados a quem fizesse parte do meio artístico. Um anúncio no semanário ‘7ete’ levou-a a uma audição no Teatro Adoque.

Maria Vieira tornou-se actriz por “amor à representação” num tempo em que a profissão parecia “inatingível”. Hoje, lamenta, “os jovens querem ser actores quase exclusivamente para serem famosos”.

DALILA DO CARMO: A IMPORTÂNCIA DO CASTING

Para Dalila Carmo todos os castings são “marcantes” porque eles são “a base” do seu trabalho. Em cada um deles é preciso “prestar provas”, “mostrar talento”. Há castings e castings. E pensa que alguns não passam de “exercício de autoridade”, “voyeurismo” ou “fachada”, porque quem se procura já está escolhido. “Há 15 anos pediram-me que dançasse com uma esfregona”, conta. “Mas há dias fiz uma audição de uma hora. Foi quase um ensaio.”

INÊS CASTEL-BRANCO E MARIA JOÃO BASTOS: 'PÉROLAS DE ANA BORGES'

Directora da Elite Portugal, Ana Borges recorda-se bem do dia em que Luísa Castel-Branco e a filha Inês lhe entraram pelo gabinete adentro. “Recebi uma mãe muito despachada que me queria apresentar a filha, uma rapariga tímida que se encolhia e se escondia atrás do cabelo. Assim que a vi percebi que tinha à minha frente um diamante em bruto. Nunca trabalhou muito como modelo, não era muito alta e não tinha ‘aquelas medidas’. Mas a relação com a câmara começou a afirmar-se e hoje ela brilha no palco e no ecrã.”

Quem bateu também à porta de Ana Borges foi uma miúda de cabelo curto e uns “incríveis olhos azuis”, a Maria João Bastos. “Não era muito alta e já tinha 18 anos. Dois factores que jogavam contra ela”, recorda a responsável da Elite Portugal. Mas, explica, “pela primeira vez quebrei as regras de ouro da Elite Internacional e aceitei-a na agência”. Para Ana Borges, a “maturidade” da actriz foi “um trunfo” na sua carreira. Hoje ela é uma das actrizes “mais reconhecidas do mercado nacional”.

Correio da manhã

Sábado, 25 de Fevereiro de 2006

Patricia Tavares

Fonte: Morangomanias e Tv Guia

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2005

Patricia Tavares

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Últimas:

. Cachet das estrelas

. Anónimos na mira dos caça...

. Patricia Tavares

. Patricia Tavares

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

.tags

. a bela e o mestre(6)

. alexandra lencastre(29)

. alinne moraes(8)

. ana guiomar(5)

. angelico vieira(16)

. angelina jolie(20)

. antonio pedro cerdeira(13)

. band(8)

. barbara guimaraes(6)

. barbara norton de matos(5)

. belissima(9)

. benedita pereira(6)

. brad pitt(13)

. britney spears(8)

. canta por mim(4)

. carolina dieckmann(5)

. catarina furtado(20)

. caua reymond(9)

. cesar peixoto(11)

. christina aguilera(6)

. cinha jardim(5)

. claudia semedo(5)

. claudia vieira(28)

. cleo pires(7)

. cristiano ronaldo(29)

. dalila carmo(9)

. dança comigo(11)

. dani(7)

. daniela mercury(5)

. daniela ruah(13)

. danielle suzuki(6)

. deborah secco(7)

. deixa-me amar(9)

. diana chaves(22)

. diogo amaral(10)

. doce fugitiva(5)

. dzrt(6)

. elsa raposo(7)

. fala-me de amor(4)

. fernanda serrano(15)

. floribella(13)

. francisco adam(5)

. francisco penim(5)

. gato fedorento(7)

. globo(25)

. gloria pires(4)

. guilherme berenguer(4)

. helena isabel(4)

. henri castelli(4)

. herman josé(4)

. ilha dos amores(16)

. imperius(7)

. ines castel-branco(6)

. ines simoes(4)

. isabel figueira(34)

. ivete sangalo(4)

. jennifer lopez(5)

. jessica athaide(4)

. joana duarte(11)

. joana solnado(13)

. joão reis(9)

. jose fidalgo(6)

. juliana paes(6)

. luciana abreu(15)

. mafalda pinto(6)

. margarida vila nova(18)

. maria joão bastos(15)

. mariana monteiro(7)

. marisa cruz(8)

. melanie c(5)

. merche romero(46)

. morangos com açucar(51)

. nbp(5)

. operaçao triunfo(5)

. paixões proibidas(7)

. paula lobo antunes(6)

. paula neves(6)

. paulo pires(7)

. pedro granger(6)

. pedro miguel ramos(8)

. pedro teixeira(10)

. ricardo pereira(16)

. rita andrade(5)

. rita pereira(20)

. rodrigo menezes(6)

. rtp(43)

. rtp1(30)

. rtp2(5)

. ruy de carvalho(5)

. são josé correia(11)

. shakira(8)

. sic(71)

. silvia alberto(11)

. sofia alves(9)

. sonia araujo(6)

. soraia chaves(24)

. tempo de viver(9)

. tu e eu(8)

. tvi(126)

. vila faia(5)

. todas as tags

.Links:

blogs SAPO

.subscrever feeds